Top 5 – Filmes adaptados de livros e HQs

Top 5 – Filmes adaptados de livros e HQs

1

Tem sido uma constante nos últimos anos no cenário mundial a adaptação de Best-Sellers para as telas do cinema. Infelizmente, a maioria não é nem de perto tão boa quanto a obra original, mas em alguns casos fica até melhor. Fizemos uma pequena lista de adaptações que se não foram melhores, pelo menos foram tão boas quanto.

 

5. Coraline e o Mundo Secreto

 

Coraline

 

SINOPSE: Entediada em sua nova casa, Caroline Jones (Dakota Fanning) um dia encontra uma porta secreta. Através dela tem acesso a uma outra versão de sua própria vida, a qual aparentemente é bem parecida com a que leva. A diferença é que neste outro lado tudo parece ser melhor, inclusive as pessoas com quem convive. Caroline se empolga com a descoberta, mas logo descobre que há algo de errado quando seus pais alternativos tentam aprisioná-la neste novo mundo.

 

Baseado no livro escrito por Neil Gaiman, o formato de animação caiu como uma luva para o enredo. Não só foi fiel à história original como também sofreu a adição de fatos e personagens (como o menino Whybe e o fato da Outra Mãe espiar a vida da menina através dos olhos da boneca) que deixaram a trama ainda mais rica e envolvente. Com muito mérito o filme de 2009 entra no Top 5.

 

4. Batman: O Cavaleiro das Trevas

 

Batman e os vilões de O Cavaleiro das Trevas

 

SINOPSE: Após dois anos desde o surgimento do Batman (Christian Bale), os criminosos de Gotham City têm muito o que temer. Com a ajuda do tenente James Gordon (Gary Oldman) e do promotor público Harvey Dent (Aaron Eckhart), Batman luta contra o crime organizado. Acuados com o combate, os chefes do crime aceitam a proposta feita pelo Coringa (Heath Ledger) e o contratam para combater o Homem-Morcego.

 

Com um roteiro muito bem feito e grandes atores (o que gerou um Oscar) o filme é considerado por muitos fãs a melhor adaptação de Batman nas telonas. Um ponto a mencionar: o filme é muito bom, mas não é completamente fiel. Christopher Nolan quis dar um ar mais “humano” e “real” às situações e aos personagens, gerando uma origem diferente para o Duas-Caras e um Coringa anarco-terrorista, o que não quer dizer que tenham sido boas modificações, entretanto, pecaram no quesito de fidelidade aos quadrinhos.

 

3. Homem-Aranha 2

 

O Homem-Aranha enfrentando Dr. Octopus

 

SINOPSE: Após derrotar o Duende Verde a vida de Peter Parker (Tobey Maguire) muda por completo. Temendo que Mary Jane (Kirsten Dunst) sofra algum risco por ser ele o Homem-Aranha, Peter continua escondendo o amor que sente e se mantém longe dela. Ao mesmo tempo precisa lidar com Harry (James Franco), seu melhor amigo, cuja raiva pelo Homem-Aranha aumenta cada vez mais por considerá-lo como sendo o assassino de seu pai. Além disso, sua tia May (Rosemary Harris) passa por uma fase difícil após a morte de seu tio Ben, estranhando também o comportamento do sobrinho. Enquanto precisa lidar com seus problemas particulares Peter recebe ainda uma má notícia: o surgimento do Dr. Octopus (Alfred Molina), um homem que possui tentáculos presos ao corpo.

 

Eu sei, muitos vão querer jogar pedras em mim por colocar este filme na frente de “O Cavaleiro das Trevas”, mas como este é um Top 5 de adaptações, o filme é inegavelmente mais fiel aos quadrinhos. Mostrando de uma maneira majestosa a turbulência na vida de Peter por carregar em segredo o manto de Homem-Aranha enquanto precisa cumprir com suas obrigações pessoais, o filme é aclamado pela maioria dos fãs e apontado como o melhor do Cabeça de Teia desde a sua primeira aparição no cinema.

 

2. Watchmen

 

O aclamado Watchmen

 

SINOPSE: Em 1977 foi aprovada pelo congresso norte-americano a Lei Keene, que proibia as atividades de mascarados no combate ao crime. Isto fez com que vários super-heróis deixassem a carreira, como o Coruja (Patrick Wilson) e Espectral (Malin Akerman). Outros, como o Comediante (Jeffrey Dean Morgan) e o Dr. Manhattan (Billy Crudup), passaram a trabalhar para o governo. Dois anos antes da implementação desta lei Adrian Veidt (Matthew Goode) decidiu revelar sua identidade como Ozymandias, dedicando-se a partir de então na construção de um império econômico. Em 1985 o mundo vive o clima da Guerra Fria, no qual um ataque nuclear pode acontecer a qualquer momento, vindo dos Estados Unidos ou da União Soviética. Neste clima de tensão política Edward Blake, o Comediante, é assassinado. Em seu funeral comparecem, em momentos diversos, seus antigos companheiros. Entre eles está Rorschach (Jackie Earle Haley), que acredita que sua morte seja o indício da existência de um assassino de mascarados.

 

Apesar do final ter sido modificado, convenhamos que a teletransportação de uma lula alienígena gigante não daria muito certo quando passada para o formato cinematográfico. De qualquer forma, o meio e o início parecem ter sido retirados das HQ’s e a introdução, muito bem feita, conseguiu mostrar tudo o que aconteceu antes da história sem precisar saturar o filme com milhares de flashbacks.

 

1. O Senhor dos Anéis (trilogia)

 

O incontestável Senhor dos Anéis

 

SINOPSE: Frodo e Sam partem em uma jornada para poderem destruir o Um Anel criado por Sauron, que agora está atrás do mesmo. Durante a jornada, a dupla de hobbits conhece elfos, humanos e anões que se aliam a eles para criar a Sociedade do Anel e ajudá-los nesta missão que definirá o destino de toda a Terra Média.

 

Achei melhor não dividir os filmes, já que a trilogia conta uma só história, além de que não seria justo ocupar 3 posições do ranking com apenas “O Senhor dos Anéis”. Quem leu os livros sabe que as partes que foram usadas parecem ter saído diretamente das páginas do conto e os 17 Oscars ganhados deixam inegável a alta qualidade dos filmes.
Sendo assim, o primeiro lugar se torna mais que merecido.