Todo dia é dia para um Social Media

Todo dia é dia para um Social Media

1

Bom, para começar bem, essa semana tive infecção alimentar por causa de uma linguiça com aipim que comi em um bar de esquina. “Mas o que isso tem a ver com a história, Giovanna?”, você deve estar se perguntando. É que, com isso, contarei a história de uma social media da depressão, doente e que trabalha no feriado.


Ficar sem emprego é uma das piores coisas que existem, você se sente um fracasso, não tem dinheiro para nada, nem para pegar ônibus para ir a uma entrevista. Falando nelas, as entrevistas, é cada vez mais frustrante para um desempregado ver os dias passando e nenhuma empresa dando retorno. Até que UMA resolve te dar uma chance.


Você chega no seu primeiro dia de trabalho e chama a sua chefe para conversar. Ela discute sobre horários, salários e tudo mais que é importante para ela. Você concorda com tudo e só faz uma ressalva: “Então, como fiquei muito tempo desempregada, comprei passagens para viajar no feriado de Corpus Christi”. Ela diz que não tem problema e a vida segue em frente.


Na véspera do tal feriado, depois de ter faltado dois dias por causa da sua doença (que você ficou no hospital, vivendo a base de soro e ainda levou atestado para provar), sua chefe resolve dar “castiguinho” e te deixar trabalhando Quinta e Sexta. Você tenta argumentar falando que já tinha avisado a ela que não poderia ir, mas ela finge um Alzheimer e diz que não lembra.


No!


Final da história? Hoje é uma quinta-feira de feriado e essa que vos fala escreve da agência! Tirem suas conclusões.

Giovanna Bevilacqua
Giovanna Bevilacqua tem 20 anos e é estudante de Jornalismo, Social Media da Depressão e cozinheira nas horas vagas (logo, nunca). Carioca apaixonada, cinéfila assumida, louca por séries de investigação e totalmente viciada em café. Uma das criadoras da página Analista de Mídias Sociais da Depressão. Nada do que ela diga deve ser levado a sério, sério mesmo.

Leia também...

 
Dê mais vida a Feedback Mag., para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual você comenta aqui na revista. Leva 2 minutos.
 
  • http://www.feedbackmag.com.br Fernando Henriques

    Droga Giovana, trabalhar no feriado ninguém merece. Mas faz parte da sua depressão né. Gostei da parte do Alzheimer. Ri legal aqui.