Tensão pré-parto

Tensão pré-parto

2

Admiro aquelas pessoas que conseguem se manter calmas sabendo que está chegando a hora de parir. Não é o meu caso!


Sou ansiosa desde sempre, assim que descobri que estava grávida já me vi imaginando como será o rosto, os olhos, as bochechas, o cabelo, os dentinhos, a personalidade, os gostos, a cor preferida, o primeiro dia na escola, a primeira palavra, a voz, o jeito da minha primogênita. Sou assim, não tem jeito, penso demais!


Não saberia viver sem saber a data certa do parto, ficaria louca, preciso me programar, me preparar, manter a calma, ou melhor, achar a calma. Não sei onde ela foi parar.


Porém, em contra partida, desde que minha obstetra marcou a data em que Alice ia chegar, acho que fiquei meio paranóica. De certa forma eu sempre tive uma fixação pelo calendário, olho sempre que acordo e antes de dormir. Mas ultimamente tenho olhado umas 20 vezes por dia, juro, não é exagero. Fico contando os dias, confiro nossas malas e aí volto a contar os dias. Tudo que eu quero é que o grande dia chegue logo!


E ao mesmo tempo…


Dá um certo medo saber que terei sete camadas cortadas na cesariana, ficar internada me assombra e incomoda um pouco também.


Finalmente, no dia 24 de fevereiro, enfrentei todos os meus medos e receios, minha ansiedade de ver a Alice chegou ao fim, ela é linda e muito saudável. Porém, enquanto este dia não chegou, eu contei as horas, os minutos e muitas vezes até os segundos.

Pitty Henriques
Priscila Alvarenga Henriques é estudante de Pedagogia do ISERJ, professora dedicada, esposa, mãe, apaixonada por filmes e livros. Uma viciada assumida em adrenalina, havaianas e chocolate. No twitter: @pittyhenriques.

Leia também...

 
Dê mais vida a Feedback Mag., para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual você comenta aqui na revista. Leva 2 minutos.
 
  • Fernando Henriques
  • Luiz Alvarenga

    Isso aí filha, parabens, mas tente ser mais tranquila.
    Beijos minha linha, te amo muito.