Razões para ser otimista sobre o futuro do Brasil – <br />Segundo um eleitor da Dilma

Razões para ser otimista sobre o futuro do Brasil –
Segundo um eleitor da Dilma

1

Escrevo esse texto após se passarem 11 dias do segundo turno das eleições à presidência da república do Brasil. E, por incrível que pareça, em menos de duas semanas muita coisa já aconteceu. Listo abaixo o que julgo ser o mais importante:

  • A Petrobras despencou de vez;
  • O dólar aumentou de vez;
  • Descobriu-se que a inflação não estava controlada como uma candidata havia dito durante a campanha e, por isso, o Banco Central aumentou a taxa de juros para 11,25%;
  • As contas de luz sofrerão aumentos abusivos;
  • Teremos o primeiro déficit primário anual em anos (ou seja, a dívida externa tende a crescer porque o governo gastou mais do que podia gastar);
  • Pela primeira vez em dez anos houve crescimento do número de miseráveis no Brasil. Segundo o IPEA o crescimento é de 3,7%;
  • A gasolina e o Diesel aumentarão;
  • E em meio a esse caos econômico ainda não conhecemos o nosso novo ministro da fazenda;
  • O PT lançou um documento pregando a regulamentação da mídia.

 

Todavia não sei o motivo de minha preocupação. Durante o segundo turno os dois candidatos de oposição disseram que iriam melhorar o país. Uma disse, inclusive, que seria seu oponente quem aumentaria os juros e o preço da gasolina por supostamente governar para a elite (seja lá o que isso quer dizer).

 

Pensando bem, podemos ter esperança. A nova candidata assumirá em Janeiro e não aumentará mais os juros. Ela inclusive discorda de todos os economistas e afirma que a inflação está controlada. Até lá ela já terá decidido seu novo ministro da fazenda a tempo de resolver todos os problemas de um país quebrado.

 

E o que dizer da política social de seu partido? Como ela bem salientou eles estão eliminando a pobreza da nação. Acho que o slogan de um tempo atrás era “país rico, país sem pobreza”, ou algo do tipo. Então com eles o número de miseráveis voltará a cair.

 

Essa nova candidata também afirmou que permite que o ministério público e a polícia federal façam seu trabalho (eles deveriam ser independentes, mas é bom saber que ela autoriza). Assim devemos ficar tranquilos com as denúncias do Petrolão e com o futuro econômico da “maior empresa do país”. Vão descobrir os corruptos e puni-los.

 

Também estou otimista com essa nova onda de regulamentação da mídia ou controle social da mídia, ou seja lá o nome que derem. Se for algo parecido com o que ocorreu recentemente na Coréia do Norte será fantástico. Vocês não sabem? O “presidente” determinou que todos os homens tivessem o mesmo corte de cabelo que ele tinha. Vocês precisam ver que corte fantástico! Tomara que regulem a mídia e impeçam esse bando de boçais de postarem certos conteúdos no Facebook e Twitter. Acho mesmo que o governo só deve permitir os “cortes de cabelo” que lhe forem agradáveis.

 

Enfim, acho que caminhamos bem. Sabemos que o caos econômico em breve vai passar, já que a messiânica candidata tomará posse em poucos meses. Isso é tão excitante! Enfim deixaremos de ser o país do futuro!
Mas, qual o nome da candidata mesmo?… Eita, espera um pouco! Mas essa não é a mesma pessoa que atualmente preside o país? Como ela fazia oposição a si mesma durante a campanha? Como assim ela disse que seria “uma presidente muito melhor”? E como eu acreditei nisso? Quem não fez em quatro (ou doze) anos não fará em mais quatro, certo?…

 

Será que joguei meu voto no lixo? Não, claro que não! Era votar nela ou no PSDB. Não gosto do PSDB porque eles governam para os ricos. Pensa bem: foi no governo FHC que a economia brasileira foi estabilizada. E por causa dessa estabilidade eles, PSDB, iniciaram os programas sociais que hoje são o orgulho da atual presidente. Ou seja, eles estabilizaram a economia caótica e investiram em programas sociais. Quer governo mais elitista do que isso?

 

É, votei certo sim. Apesar de não ter visto evidência alguma de que a atual presidente pode mudar o país, acredito na sua palavra de que vai melhorar. Não entendo essa gente inconformada que fica enchendo minha timeline de política e fica fazendo manifestação contra a corrupção. Que palhaçada! A eleição já acabou! Falem de política daqui a quatro anos! E, gente, todo partido é corrupto! Vocês deveriam fazer manifestação contra aqueles que não têm ficha suja porque isso prova que eles não permitem que haja investigação! Resumindo: façam manifestações contra os ficha limpa porque eles são, na verdade, os corruptos.

 

Bom, era isso que tinha para dizer hoje. Ficar pensando nas notícias da VEJA quase me levou ao arrependimento por conta do meu voto. Mas não largo meu partido e minha ideologia por nada. Não sou que nem esse povo estranho que vai para a rua com a bandeira do Brasil. Eu vou com a minha bandeira vermelha e com orgulho. Não consigo entender esse bando de lunáticos… #dilmamãe…..

 
.
.
.
.
.
….#sqn.

Pedro Henrique Franco
Pedro Henrique da Rocha Franco, nascido em 1991. Cristão, amante da leitura e apaixonado por futebol.

Leia também...

 
Dê mais vida a Feedback Mag., para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual você comenta aqui na revista. Leva 2 minutos.
 
  • denis

    Nenhum petralha estérico por aqui?! que estranho não? ..