Quem são os favoritos ao título em cada divisão da NFL

Quem são os favoritos ao título em cada divisão da NFL

0

Após quatro rodadas e quase um mês de temporada, os 32 times da NFL deram as caras e, assim, ficou mais fácil precisar o que está reservado para cada um neste ano. Jogadores talentosos que não rendem o esperado, lesões – que não são tão incomuns – e a sempre imprevisível performance dos novatos são alguns dos fatores que dificultam uma previsão mais exata do que está por vir. Após 4 semanas de jogos, tudo fica mais claro e as apostas podem ser mais certas.

 

NFC Leste – New York Giants

 

No início do ano, era fácil apostar nos Cowboys. Vindo de uma excepcional temporada de seu ataque, com o QB Tony Romo espantando os fantasmas do seu passado, o time do Texas era favorito mesmo não tendo mais o RB DeMarco Murray, agora no rival Eagles. O time largou na frente nas primeiras rodadas e parecia que não teria dificuldades para confirmar o bicampeonato da divisão e voltar aos playoffs esse ano, mas não contava com desfalques.

 

A lesão de Romo, que só deve voltar na semana 11, prejudicou o ataque dos texanos e contribuiu para as derrotas. Sem uma boa opção no banco – Matt Cassel e Brandon Weeden não dão conta do recado –, o Cowboys deverá sofrer durante boa parte desta temporada. As lesões de outros jogadores importantes como o WR Dez Bryant e o LB Sean Lee atrapalharão mais ainda o andamento da temporada.

 

Por outro lado, o Giants, que não veio bem nas últimas temporadas, teve um bom início esse ano. Mesmo perdendo os dois primeiros jogos no último drive, a equipe jogou bem e superou as desconfianças. Com as vitórias nas rodadas seguintes, empatou com Cowboys e Redskins na liderança da divisão. Por ter melhor elenco que o time da capital e pelos desfalques dos texanos, tornou-se o favorito para levar a divisão.

 

NFC North – Green Bay Packers

 

Já era uma aposta um tanto óbvia antes do início da temporada, agora confirmada. A equipe é bem equilibrada e não tem nenhum setor que seja deficiente e a lesão do WR Jordy Nelson, principal recebedor da equipe, nem deve ser sentida na temporada regular. Como se não bastasse, o QB Aaron Rodgers, MVP do ano passado, teve um ótimo começo de temporada, com 11 TDs e nenhuma interceptação após 4 jogos (todos com vitória).

 

O time do Wisconsin é talvez o mais forte da conferência e provável candidato para o Super Bowl e tem adversários que não devem dar muito trabalho. Bears e Vikings são times que já vem enfrentando problemas e buscam uma reestruturação para voltar a brigar por alguma coisa. Os Lions, que foram aos playoffs no ano passado, tiveram um péssimo começo de temporada (4 derrotas) e parecem já ser carta fora do baralho. Grandes chances de sair daqui o primeiro campeão de divisão do ano.

 

NFC South – Carolina Panthers

 

A divisão mais fraca da NFL no ano passado começou de forma diferente. Se os Panthers chegaram à pós-temporada com um recorde negativo em 2014, na atual disputa eles devem ter muito mais trabalho para repetir a dose. A equipe de Carolina venceu todos os jogos até aqui, mas viu o rival de Atlanta fazer o mesmo.

 

Nenhum dos times está entre os mais tops da liga, mas ambos podem incomodar. Minha aposta fica com os Panthers graças à poderosa defesa liderada pelo LB Luke Kuechly, que pode fazer a diferença na hora H. Também não será surpresa se os Falcons vencerem a divisão.

 

NFC West – Seattle Seahawks

 

Aqui a briga deve ficar entre Seahawks e Cardinals. O time do Arizona começou muito bem no ano passado, mas conviveu com lesões e jogando com o sofrível QB Ryan Lindley, perdeu o título da divisão e foi eliminado de forma melancólica no Wildcard. Esse ano, mais uma vez eles largam na frente e prometem uma boa briga com um dos times mais fortes da NFL no último ano.

 

Vindo de dois Super Bowls seguidos, com título no primeiro, o Seahawks perdeu alguns jogadores importantes e não vem tão forte como nos anos anteriores, mas deve levar a divisão mais uma vez. Uma vitória atrás do seu rival, não estão bem colocados na tabela da divisão (atrás também do St. Louis Rams pelo confronto direto), mas tem um elenco forte e um time que está se acertando com seu novo estilo de jogo.

 

A defesa é sem dúvida uma das melhores da liga, com destaque para a secundária com o SS Kam Chancellor, o FS Earl Thomas e o CB Richard Sherman, todos All-Pros e a ataque está se adaptando. Tem um forte jogo corrido liderado pelo RB Marshawn Lynch, mas o jogo aéreo deixa a desejar. O corpo de WRs é fraco e limitado e o TE Jimmy Graham, um dos mais renomados da liga, ainda não rende o esperado. Se o OC Darell Bevell encaixar Graham no esquema de jogo, Seattle virá forte para lutar por mais um Super Bowl.

 

Jimmy Graham

Russell Wilson em ação pelo Seattle.


 

AFC East – New England Patriots

 

Assim como o Green Bay Packers na NFC North, os Patriots eram uma aposta segura (como foram em praticamente todos os anos da era Brady). Talvez não tanto quando o QB Tom Brady foi suspenso. Assim que a suspensão foi revogada, as chances de Bills, Jets e Dolphins praticamente se esvairam.

 

Além do QB excepcional que tem, capaz de se virar mesmo com pouco, o time de Foxborough tem peças fortes em todos os setores e um dos técnicos mais excepcionais da NFL: o multicampeão Bill Bellichick. O time mais vitorioso da última década vem forte mais uma vez e dificilmente dará chance a seus adversários, que claramente estão um patamar abaixo.

 

AFC North – Cincinatti Bengals

 

Uma das divisões mais equilibradas da NFL nos últimos tempos, a AFC North dessa vez se desenha com menos equivalência. Os Bengals não são um time de encantar o torcedor, mas sabem usar suas peças para conseguir os resultados. Mais uma vez, devem ir aos playoffs e, ao que parece, como campeão da divisão. Steelers e Ravens são seus principais adversários. Dois times com bons elencos que passaram por caminhos tortuosos nas primeiras rodadas. Já o Browns, até tem algumas boas peças, mas sem um QB ao mesmo regular há um bom tempo, continua com dificuldades para ir a algum lugar.

 

Steelers e Ravens devem se acertar para disputar vagas na pós-temporada, provavelmente através dos Wildcards, já que o Bengals apresenta um jogo regular e tem gordura para queimar.

 

AFC South – Indianapolis Colts

 

A AFC South é a divisão mais fraca desse ano, candidata a classificar um campeão com recorde negativo. Com times que não incomodam ninguém há algum tempo, Titans e Jaguars tentam se reconstruir para voltarem a ser top contenders. Vindo de duas temporadas ruins, o Texans também não é um time forte e busca se reorganizar.

 

O Colts que dominou a divisão nos últimos dois anos, não deve se classificar de forma tão fácil. O time não joga bem e vê seu QB Andrew Luck jogar mal até agora e ainda sofrer lesão no ombro que pela primeira vez o tirou de um jogo desde que virou profissional. Mesmo assim, devido aos fracos adversários, o time de Indiana deve arrematar mais um título de divisão e vaga nos playoffs.

 

AFC West – Denver Broncos

 

Os Broncos são mais um time que não deve ter problemas para ganhar a divisão. Estando notavelmente acima dos seus rivais, a equipe de Denver deve conquistar o quinto título seguido na AFC West. Mesmo sem o QB Peyton Manning estar jogando o mais fino do seu futebol americano, o conjunto é forte e garantiu o 100% de aproveitamento até aqui. A defesa joga bem, permitindo uma média de 17 pontos/jogo, e o jogo corrido também tem funcionado. E, vamos combinar, mesmo não jogando o seu melhor, Peyton continua sendo uma arma letal.

Matheus Wenna
Matheus Wenna é graduando em Jornalismo pela faculdade da ESPM. Apaixonado por diversos esportes, do futebol ao bêisebol passando pelo rugby. Além disso, é jogador de futebol americano nas horas vagas

Leia também...

 
Dê mais vida a Feedback Mag., para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual você comenta aqui na revista. Leva 2 minutos.