Os verdadeiros imperialistas

Os verdadeiros imperialistas

2

O conceito de “imperialismo” aplicado aos EUA é apenas metafórico (apesar de serem realmente um império no sentido econômico), já que na verdade os verdadeiros imperialistas, no sentido literal, eram os soviéticos, que derrubaram inúmeros governos legítimos pra estabelecer o socialismo internacional, o império do proletariado (sic), pra depois matar a própria população. .

 

Comparemos as mudanças no mapa vermelho do golpe comunista da Rússia até o auge da Guerra Fria. A União Soviética começou, formalmente, em 1922 com Rússia, Ucrânia, Belarus e o Transcáucaso (Armênia, Azerbaijão e Geórgia); posteriormente, pela força, adquiriu parte dos territórios da Polônia e Finlândia. Anexou também os países bálticos e parte da Romênia (hoje Moldávia). Em 1945, tomou do Japão o sul da ilha Sacalina e as ilhas Curilas. Em 1968, unindo força com demais países do Pacto de Varsóvia, invadiram a então Tchecoslováquia para conter um processo de liberalização. Quem é o maior imperialista?

 

Império soviético: O vermelho representa os países alinhados com a União Soviética. O amarelo aqueles igualmente comunistas, porém alinhados com a China. Os negros (Coreia do Norte e Iugoslávia) representam os governos comunistas não alinhados com ninguém.

Império soviético: O vermelho representa os países alinhados com a União Soviética. O amarelo aqueles igualmente comunistas, porém alinhados com a China. Os negros (Coreia do Norte e Iugoslávia) representam os governos comunistas não alinhados com ninguém. (Clique para ampliar.)

 

Foi justamente o livre comércio que pôde estabelecer uma paz relativa entre os povos da Europa, acabando com o expansionismo que os soviéticos tanto queriam.

 

Além do mais, quem foi que financiou os alemães? Stalin! Stalin tinha um pacto com Hitler antes da Segunda Guerra! Tanto é que soviéticos e alemães invadiram juntos a Polônia, dividindo o território entre si. Os soviéticos chegaram a enviar comida pro exército alemão, enquanto a própria população passava fome.

 

Os historiadores marxistas, em sua desonestidade intelectual, rotularam os EUA de imperialistas.

 

Só esqueceram que nenhum país invadiu mais países no séc. XX que os soviéticos que eles idolatram. E nenhum regime matou mais que o chinês: 60 milhões de mortos.

 

Imperialismo americano? Sei…