O marketing impossível não é só possível. É desejável.

O marketing impossível não é só possível. É desejável.

0

Hoje nós vamos falar da, na minha opinião, mais bem sucedida e criativa campanha Transmedia Storytelling em vigor.

 

Apenas revisando, Transmedia é a utilização de diversos canais, usando-se linguagem compatível com cada canal, para se passar um conceito (ou campanha) de uma marca ou empresa. Permitam-me apenas não deixá-los confundir Transmedia com Crossmedia.

 

A diferença é simples. Imaginem um vídeo, uma campanha. Você passar um anúncio na TV, o mesmo vídeo no Youtube, um QR Code que leva ao mesmo vídeo e peças da mesma campanha em outdoor, revistas ou jornais. Isso é Crossmedia.

 

Transmedia seria veicular o anúncio na TV; um vídeo do making off no Youtube; um QR Code que direciona para o download de um aplicativo (pertinente a campanha); uma distribuição de senhas no Twitter que concorrerão a ingressos para um evento temático em Copacabana…. e por aí vai (a criatividade cria o limite). Isso é Transmedia.

 

Storytelling é mais fácil de explicar. É a ferramenta contemporânea de usar a arte de contar histórias no ambiente corporativo. Já é tendência e sucesso no endomarketing das empresas, mas chegou na publicidade para ficar.

 

Voltando a campanha que tenho o prazer de divulgar, trata-se da Coca-cola Zero. Que a Coca-cola é normalmente vanguardista em estratégias de marketing, isso não é novidade para ninguém. Enquanto eu falo de Transmedia Storytelling nesse texto, a Coca-cola já trabalha com “um tal” de Dynamic Storytelling (que podemos abordar mais tarde).

 

Visite o link da Coca-cola Zero e você verá uma das mais lindas convergências transmidiáticas dos últimos tempos.

 

Todos lembram da série de anúncios “O impossível é possível”. Situações de enrascada onde a probabilidade de se resolver eram ínfimas, e beber Coca-Cola Zero fazia esse “impossível” acontecer. Carro quebrando no meio do nada e um reboque com uma motorista gatíssima de parar o trânsito. Escapar da visita dos pais da namorada depois de uma noite alucinante. Ou trocar um companheiro de albergue mal encarado por três modelos de passarela.

 

Pois é, essas são só peças convencionais. As agências responsáveis pela conta da Coca-cola Zero criaram um leque de canais transmidiáticos de tirar o fôlego. Vamos listar as brilhantes iniciativas:

 

1. Foi elaborado um concurso junto ao portal Jovem Nerd, onde pediam para as pessoas contarem suas histórias reais. Uma foi sorteada e o autor virou protagonista de um game Beat’em UP que se joga diretamente do site. Ainda falando de games, também há uma versão do clássico Pac-Man onde o bonequinho “se alimenta” de Zero’s enquanto foge do inimigo (relógios), até conseguir consumir a latinha de Coca-cola Zero como prêmio principal.

 

2. Os nomes na latinha foram um sucesso. A coisa agora progrediu para nome de cidades e destinos turísticos e fizeram outra promoção bacana. Você escreve na latinha o nome de um lugar que visitou, posta uma foto, marca 10 amigos e concorre a uma viagem pela empresa Azul Linhas Aéreas. Olha o Storytelling. Eles promovendo a marca e produto dentro de uma história real… e uma história sua!

 

As latinhas viraram assunto no Brasil inteiro, verdadeiro sucesso.

As latinhas viraram assunto no Brasil inteiro, verdadeiro sucesso.

 

Um adendo sobre a questão dos nomes na latinha. Empresas espalhadas pelo Brasil promoveram eventos em parceria com a Coca-cola Zero onde a bebida era distribuída no local com o nome da empresa promotora. Olha a transmedia linkada e compartilhada. Empresas se apoderando das ferramentas umas das outras. Onde isso vai parar?

 

3. Para finalizar as peças transmidiáticas do portal, eles disponibilizaram wallpapers, emoticons e ringtones para download. Você também consegue assistir os vídeos da campanha.

 

4. Não para por aí. Contrataram o pessoal da série Descolados (produção MTV e Mixer) e encomendaram vídeos de situações do dia a dia (Storytelling) com tiradas e citações dentro do conceito “impossível é possível”, além da pitada tradicional de humor. Uma WebNovel dentro do conceito da campanha.

 

Link Youtube | Descolados e Coca-Cola Zero – Cozinhando com amigos

 

5. Pensou que tinha acabado? Criaram uma campanha viral reality show onde em parceria com redes distribuidoras da bebida (McDonalds, Outback etc) eles proporcionavam para consumidores situações tidas como “surreal” ou “impossíveis” de acontecer, mas que aconteciam! Em uma delas por exemplo, quatro amigos vão ao McDonalds e fazem o pedido. A primeira improbabilidade que acontece é: a conta sai de graça. Depois eles ganham uma lavada no carro. E pra finalizar são levados pra casa por um reboque e uma DJ simulando uma balada.

 

Link Youtube | O impossível é possível no McDonalds.

 

Deu pra ter noção do que é usar diversos canais com linguagem compatível para cada público e canal? Não é muito difícil de fazer. Muito menos impossível. Mas mesmo que fosse, você já sabe né? “O impossível é possível”.

Luciano Dodaro
Luciano é um profissional do mercado financeiro, formando em Publicidade e Propaganda, promotor de eventos e certificado em marketing. Um eterno entusiasta da Comunicação.

Leia também...

 
Dê mais vida a Feedback Mag., para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual você comenta aqui na revista. Leva 2 minutos.