Homossexualismo – Odeie a prática, mas não o praticante

Homossexualismo – Odeie a prática, mas não o praticante

69

Um assunto deveras abordado nos dias de hoje, mais do que nunca, é a homofobia. Ontem passei o dia inteiro sentado em frente ao meu computador com a televisão ligada. Meio que sem querer acabei assistindo a um dos programas tradicionais da TV Globo, a “Malhação”, que há muito tempo não tem nada a ver com academias!


O que vi naquele programa, foi uma enxurrada de discussões acerca de homossexualismo e homofobia. Uma coisa que chegou a ficar maçante já no meio do episódio, mas que se faz necessária nos dias de hoje. É fato que a Globo sempre apoiou incondicionalmente a causa homossexual, fato que me irritou por boa parte da minha vida, mas com o grande número de ataques a homossexuais que temos visto nos noticiários, é preciso que tenhamos programas televisivos que conscientizem as pessoas e as apresente o conceito de pessoa. Todos nós, independente das práticas sexuais, somos pessoas, somos seres humanos. Ser heterossexual não me garante maiores direitos do que ninguém, e é isso que todos precisam entender.


Deveríamos ter mais compaixão e menos ódio com as pessoas que sofrem com esse problema. Sei que muitos deles gostariam de ser diferentes, gostar do que todos gostam, mas alguns fatores tornam isso impossível a eles. Nunca fiz um estudo a respeito disso, mas sei que alguns desses fatores são a criação e a não aceitação da sociedade com a sua maneira diferente de ser, ambos na infância. Um erro gravíssimo que muitos de nós cometemos, é que ao vermos um garotinho mais sensível, mais apegado a mãe ou que se dá melhor com as meninas do que com os meninos, já o taxamos como “viadinho” num momento em que a criança mal sabe o que é isso. Eu já pequei nesse aspecto e diariamente me arrependo por isso. Já fui muito preconceituoso com essas pessoas, mas a vida me ensinou que eu estava errado, então mudei, e mudei para melhor.


Precisamos disseminar a todos a nossa volta o respeito mútuo. Minha mãe sempre me ensinou que: o direito de um termina aonde começa o do outro; isso foi o que me fez entender muitas coisas ao longo da vida. Me ensinou o que eu realmente devo odiar. Eu odeio as drogas, odeio o crack, mas não saio por aí quebrando lâmpadas fluorescentes na cabeça dos crackudos. Dessa mesma forma odeio o homossexualismo, mas não levo este ódio até os homossexuais, através de agressão. Tenho certeza que os homossexuais também odeiam a homofobia, então torçam para que eles não resolvam levar esse ódio até vocês, homofóbicos, pois eles também são muitos… Não iria acabar bem.


“Respeitar em cada homem o homem, se não for aquele que é, pelo menos o que ele poderia ser, que ele deveria ser.”

(Henri Frédéric Amiel)


Câmbio, desligo .  @RodrigoCotton

Rodrigo "Cotton"
Humorista frustrado, programador ousado. Direto e reto. Muitos me acham bobo, alguns me acham engraçado. Eu me acho foda. No Twitter: @RodrigoCotton.

Leia também...

 
Dê mais vida a Feedback Mag., para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual você comenta aqui na revista. Leva 2 minutos.
 
  • cleiton feijó

    FERA CARA PARABENS CONTINUE ASSIM!
    DEUS VAI TE ABENÇOAR MUITO AINDA! ABRAÇÃO!

    • Rodrigo Henriques

      Obrigado brother.
      Vou seguir nesse meu caminho, se Deus quiser chegarei a lugares cada vez mais altos junto com a equipe daqui da FeedBack.

  • http://twitter.com/Juniss_ Junioris

    boa matéria Rodrigo :D
    falar sobre o homossexualismo por mais que pareça fácil, não é, pois você tem que agradar aos dois lados, o hétero e o homo, principalmente no seu texto agora, que não foi uma crítica aos homossexuais e sim as agressões e preconceitos que os mesmos vem sofrendo.
    abraços ;)

    • Rodrigo Henriques

      Sim , realmente foi um tema difícil de abordar… mas procurei passar minhas idéias da forma mais sutil possível.
      Acho que consegui obter um resultado agradável a ambas as partes.

    • Junior Omni Silva

      __________________________

      * DEUS CONDENA A HOMOSSEXUALIDADE

      Textos bíblicos: Levítico 18:22 / Romanos 1:26-27 / 1ª Coríntios 6:9-10

      - YOUTUBE: http://www.youtube.com/watch?v

      __________________________

      * Por causa disso Deus os entregou a PAIXÕES VERGONHOSAS. Porque ATÉ AS SUAS MULHERES TROCARAM AS SUAS RELAÇÕES SEXUAIS NATURAIS por outra, contrárias à natureza (LESBIANISMO).

      Da mesma forma, OS HOMENS TAMBÉM ABANDONARAM AS RELAÇÕES SEXUAIS NATURAIS COM AS SUAS MULHERES, e se inflamaram de paixão uns pelos outros.

      COMETENDO ATOS INDECENTES, HOMENS COM HOMENS, (HOMOSSEXUALISMO) recebendo em si mesmos o castigo (DSTs – HIV – AIDS)…merecido pela sua perversão.

      ________________________________________­_______

      * Carta do apóstolo Paulo aos ROMANOS.
      Capítulo 1: 26-27

      ___________________________

      HOMOSSEXUALISMO É DEPRAVAÇÃO!

      - do grego: PARAPHUSIN = CONTRA A NATUREZA – (Macho x Macho / Fêmea x Fêmea) – ANTI-NATURAL

      - do Hebraico: TO’ EVAH = ABOMINAÇÃO.

      ______________________

      “…Com homem não terás relações sexuais,
      como se fosse mulher, É ABOMINAÇÃO…”

      LEVÍTICO 18:22
      ___________________________

      A HETEROSSEXUALIDADE É O PERFEITO PLANO DE DEUS!

      • JOnhY

        Deus condena a homossexualidade, mais duvido que ele aprova a agressão física aos homossexuais, até porque ele nos deu o livre- arbítrio.
        Se jesus existisse no dias atuais, vc realmente acha que ele, espancaria gays?
        eu acho que não.
        eu acho que seria que nem com aquela prostituta, ele diria:
        quem nunca pecou que atire a primeira pedra.
        e logo depois diria, vá e não peques mais.
        Mas os gays tbm, não são inocentes não. Tudo hj é homofobia, eles (nem todos) não respeitam a opnião e a livre liberdade de expressão, não respeitam os valores da igreja, querendo impor casamentos gays na mesma, não repeitam quem é contra a prática mais apesar disso os repeitam: por ex: o cara tem o direito de dar a bunda fazer bizarrisses (na minha opinião) em público, principalmente nessas paradas gays e eu não tenho o direito da minha liberdade de expressão de achar nojento e bizarro e discordar da prática.
        Sou contra a violencia, mais tbm so contra essa modinha escrota de ditadura gay, que o nego nao pode mais ter opinião e ja taxado de homofóbico, censurado e até processado.

  • Wagner

    Sem querer defender, já defendendo. Acho que classificar homossexualidade como problema é um comentário bastante perigoso, eu diria até preconceituoso. Entendo homossexualidade como opção sexual, ninguém tem um problema por opção, ninguém escolher ter um problema. As pessoas fazem suas escolhas e independente da sua orientação sexual vc deve aceitar e respeitar, nao classificar ou julgar. Isso não cabe a nós.

    • Rodrigo Henriques

      Devido a minha criação baseada nos valores do cristianismo, encaro isso como um problema sim. Desvio de conduta. Nós, seres humanos, fomos criados para copular com nossos opostos. Se a ação sexual com pessoas do mesmo sexo fosse correta, perante as leis da natureza, seria possível a reprodução. Mas não é.

      Apenas o meu ponto de vista.

      • Arao

        Meu caro se vc encara a homossexualidade como um problema entao procure resolver o seu como heterossexual que nao nao deixa de ser uma orientacao tambem assim como [ homo , hetero , bi ) e se vc nao poder reprouzir? se matarás? de que forma te jugarás a natureza , caso vc nao possar procriar ? Eu vejo o ódio como algo bem negativo na vida de alguem, , ninguem sabe ao certo quais sao as leis da natureza , como vc mesmo disse sua criacao foi baseada….

        • Rodrigo Henriques

          Se eu como heterossexual não puder reproduzir, será um problema específico meu como indivíduo e não um problema da minha orientação sexual, ao contrário de quem opta pela homossexualidade que apesar de ser totalmente saudável não podem ter filhos. Não é algo correto perante as leis normais da natureza e isso é fato. Mas não encaro um homossexual como uma aberração por respeitar em cada homem o homem que é, assim como na frase que vos deixei. Mas essa é a minha opnião que expus a vocês leitores, que tem amplo direito de discordar através destes comentários que fico feliz de responder.

          Espero que tenha me compreendido.

          • Rafael Alexandre

            Boa noite Rodrigo,

            Respeito muito a sua opinião e, apesar de não concordar com o uso do termo homossexualismo e nem com a sua ideia do que é natural, achei muito digno o que você escreveu. Apesar de não concordarmos uns com os outros, temos uma responsabilidade em comum por viver em uma democracia, em uma civilização, que é justamente isso, ser civil.

            Tenho amigos que creiam que estar em um relacionamento gay é pecado, porém também seguem o ensinamento de Cristo que diz respeito a amar ao próximo e a não julgar. São poucos os cristãos que conheço que realmente tentam seguir os ensinamentos de Cristo.

            Agora, respeitando a sua opinião e suas crenças, tenho uma pergunta para deixar à relfexão: o que é natural? estar em um relacionamento hetero é mais natural que estar em um relacionamento afetivo, com alguém que você ama? Entendo o argumento da reprodução como sendo uma regra da natureza, porém, quem diz que Deus teve a intenção de dar a fertilidade/reprodução a todos nós? São só reflexões, sem querer entrar na matéria da Bíblia, pois isso seria muito mais complicado devido a tantas interpretações e à grande variedade de cultos. Agradeço novamente a sua colaboração. Seríamos um país melhor se tivéssemos mais irmãos como você.

          • little T

            Cara, esse negócio de opção sexual é baboseira.

            Se fosse uma opção, ela não seria escolhida. Só se a pessoa gosta muito de sofrer ela vai optar ser gay.

            As pessoas nascem homossexuais, e o homossexualismo não é nenhuma doença mental ou alguma coisa do tipo, muito menos desvio de conduta.

            A atração sexual e física do ser humano está na parte da genética, assim como tem várias espécies de animais que praticam o homossexualismo, é natural para o ser humano sim também.

      • http://www.facebook.com/vivi.terenna Vivi Terenna

        Ai que tá…. a sua religião, cristianismo (e todas as outras). Esse é o grande problema para que as pessoas consigam respeitar e entender o outro ser “diferente” dos padrões que a religião impôe como ‘certo’ – pasmem!
        A naturalidade, pois homossexualismo existe em TODAS as raças e é FATO, o preconceito só existe na nossa. E não, o sexo não existe apenas para procriar como vc disse. OU você só pensa em transar com alguma pessoa qdo quer ter filhos? Pare com isso.Sorte que hoje você é um ser evoluído, sem preconceitos (pelo que escreve pelo menos) à respeito deste assunto. Se muitas pessoas agissem como você, por mais que não aceitem mas respeitem, já bastaria pra que essa agressão aos gays parasse.Mas infelizmente, voltamos ao ponto chave, as religiões estão dominando o mundo com seus conceitos antigos, sem cabimentos e baseados em textos interpretados por pessoas que tem o dom de persuadir seus seguidores.Muito triste, muito triste. O problema é que as religiões querem que as pessoas sigam o que ELA FALA E ACHA CERTO, e não o que cada ser é… respeitá-lo e amá-lo da forma que é sem querer ‘curar’, afinal o que cada um faz com sua vida é problema individual e não são as religiões que devem dizer o que está certo. Elas mesmas tem muitos problemas, maiores e mais pesados que essa discussão.Jesus amou todos, inclusive uma ‘prostituta’, não é? Bom, isso é outro assunto que dá xabú….rs..beijo!

        • Rodrigo Cotton

          Bem, penso que é natural ter como verdade os ideias da religião que se siga. Do contrário pra que segui-la, não é mesmo? A respeito do sexo, eu definitivamente não penso que se deva apenas para procriação. O prazer é vital, é necessário. Eu definitivamente não tenho nada contra, e nem a ver, com o que cada um faz na sua intimidade. Com quem se transa ou deixa de transar, é um direito que se tem sobre o próprio corpo, mas não venha me dizer que homossexualismo é normal. Partindo da premissa básica de que o normal é o que é praticado pela maioria das pessoas, o homossexualismo seria uma das exceções a “regra” que é ser heterossexual. Ser diferente é um direito, mas que não venham querer forçar goela a baixo de que é o natural e o correto. Que não venham querer induzir nossas crianças a fugir a “regra”, porém também não se tenha preconceito com as que o fizerem por conta própria. Essa é a minha opinião. Agradeço o comentário e concordo que muitos líderes religiosos manipulam muitas pessoas, mas lhe adianto que não é o meu caso, visto que não frequento igreja alguma. Grande beijo.

      • joão

        Rodrigo, vai pregar seu ódio no quinto dos infernos… você pode ser tudo, menos cristão

        • Rodrigo Cotton

          Rapaz, se você mesmo tendo o lido o texto acredita que eu to pregando o ódio ou coisa do tipo, não acredito que vá entender qualquer outra coisa que eu diga aqui.

          Abraço.

    • http://www.facebook.com/people/Samir-Saad/100002872944818 Samir Saad

      Ninguém tem um problema por opção. É fato, mas a definição do que é ou não um “problema” varia de pessoa para pessoa, e você deveria no mínimo respeitar isso, assim como as pessoas deveriam respeitar o seu direito de achar isso preconceituoso, e o direito de inclusive não se associar com as pessoas “preconceituosas” assim.

      Agora, como pode falar em respeito se você não respeita nem o direito das pessoas de discriminarem e encararem aquilo que elas não acham saudável como um “problema”?
      E nem o direito de as pessoas em classificar e julgar comportamentos, ou seja, o direito delas de terem opniões?

      É por pensamentos tortos assim que não vemos ninguém chamando as drogas de “opção”. É sempre o “problema das drogas”. E se a pessoa escolheu trocar toda a vida por alguns anos de prazer intenso via drogas, isso é um problema?

      Qualquer que seja a sua opinião, isso em nada muda o fato de que devemos respeitar as escolhas alheias, desde que essas não nos prejudique ou viole nenhum de nossos direitos.

      • Rodrigo Cotton

        Grande Samir!

        Bom saber que alguém segue a mesma linha de pensamento que eu. Agradeço o comentário, de verdade.

        Abraço.

  • Mikelane Pazzanelli

    Nossa, muito bom o texto, tu escreves muito bem.
    Parabéns.

    • Rodrigo Henriques

      Obrigado , espero poder contar sempre com o seu apoio querida.

      Abraço.

  • DriGo LaCerda

    Ótimo post cara!
    Sua coragem é admirável.
    Jamais entraria numa discussão dessas.
    Mas o texto é excelente!
    Aponta a fé e rema!
    Abração!

    • Rodrigo Henriques

      Po cara, obrigado mesmo pelo apoio.
      Pra mim não foi tão complicado falar, pois falo abertamente sobre a forma que penso, sobre tudo.
      Um viva a liberdade de expressão.

      Ps: Estamos ansiosos por seus textos. =)

  • Elias Sant’ Anna Ramos

    O melhor até agora, esse é o tipo de post que levanta qualquer revista. Bom trabalho pra todos da revista. Sucesso pra vocês.

    • Rodrigo Henriques

      Obrigado pelo apoio.
      Esperamos fazer a diferença na vida de cada um dos leitores, essa é a nossa meta.

  • Felipe

    Gostei da matéria.
    Está de parabéns Rodrigo,
    continue assim que você vaai longe ..

    • Rodrigo Henriques

      Poxa cara, obrigado mesmo .
      Espero que continue conferindo as novidade aqui da FeedBack Magazine.

  • EstherTinoco

    Putz Cara Legal Pacas !
    Que vc possa ir alem !!!!!11

    • Rodrigo Henriques

      Se Deus quiser nós vamos. =)

  • K.

    HAHA ,isso mesmo Cottinho defenda a sua classe, que lindo isso *-* , Zoa mais o Texto ficou muito bom meio Gay, mais muito bom .D meu colunista favorito *-*

    • Rodrigo Henriques

      Meio GAY ? Talvez.

      Sempre fui do time dos rapazes sensíveis mas não sou menos homem por isso.
      Muito obrigado pelo apoio querida.

  • http://twitter.com/leticiadesouza_ Letícia Luthor

    Parabéns, seus posts estão cada vez melhores!
    Continue assim, evoluindo sempre! É bom saber que eu te ajudei a meter a cara nesse novo mundo de colunista xD
    Bjbj:*

    • Rodrigo Henriques

      Ajudou bastante e ajuda até hoje com essas frases motivacionais.

      Seus textos também são ótimos.

  • Massan Noronha

    O texto foi bem escrito! em relação a preconceito, acredito que se torna quando discriminamos o praticante (concordando com você )! Ótima colocação Rodrigo! Parabéns pelo Post!

  • maninho

    depois de ler isso, fiquei muito mais sensível cara! hahaha zoa

    • Rodrigo Henriques

      HAHAHA, voce sempre foi assim que eu sei ! =)

  • Isis Rodrigues

    Adorei o post ! Principalmente a parte do “odeio as drogas” ;) Continue assim , você tem futuro meu caro ! Kiss ;*

    • Rodrigo Henriques

      rs , obrigado.

      Mas seu futuro vai ser ainda melhor que o meu.

  • Esther Moraes

    É um tema complicado para poder desenvolver , mostrar um ponto vista e abrir uma crítica em relação a isso ,porém creio que você se saiu bem , sobe fazer um equilíbrio entre os dois lados.

    • Rodrigo Henriques

      É .

      O equilibrio visto no texto é oq eu encontrei pra minha vida.

      Descrevi como ralmente me sinto a respeito do tema.

  • Fernando

    Caraca, amei o texto cara ta de parabéns’. Palavras duras mais ao mesmo tempo sinceras, puts gostei msm’

    • Rodrigo Henriques

      Poxa cara, obrigado.

      Como disse acima… falei o que sinto.

  • http://twitter.com/vnytavares Vinícius Tavares

    Parabéns pelo POST amigo. Sem palavras, gostei bastante.
    Sucesso para você!

  • Pedro Eduardo

    Parabens Rodrigo Henriques pelo belo texto.sou homossexual e respeito quem não gosta da pratica e exijo respeito! acho que a pessoa tem o direito de fostar e não gostar do que quiser agora agredir verbalmente ou fisicamente é RIDICULO e merece punição.

    • Rodrigo Henriques

      Penso exatamente como você. Não acho a prática correta mas não abomino nenhum pratucante. Inclusive tenho alguns amigos homossexuais com os quais me dou muito bem e converso abertamente com eles sobre essas opniões aqui colocadas.

      Obrigado pelo elogio e volte sempre para ver o que mais teremos para vocês leitores.

  • Débora Domingues

    Nem vou terminar de ler, parei no “muitos gostariam de ser diferente”. Cara – PUTA falta de entendimento – na Vida cada um é o que quer ser e não o que VOCÊ quer que eles seja,. Tem muito mais sobre isso, vamos lá, fatores genéticos, escolha, opção, vontade, desejo…sej ao que for, não seja fiscal de cú! Que coisa mais ultrapassada é gente achar que o mundo tem que ser do seu jeito, com suas cores e o pior, esse bando de fiscal de cú! Tem mais nada para fazer da vida do que ficar fiscalizando vida alheia? Te incomoda? Te irrita? E que textinho SAFADO mal escrito eim!!!!!

    • Rodrigo Henriques

      Não discuto com gente que forma opniões sem terminar de ler um texto. E cu não tem acento.

      Atenciosamente,
      O Autor

  • Diego de Lacerda

    Discordo Débora Domingues. É legal expressar sua opinião, mas assim como o Rodrigo Henriques manteve o respeito ao escrever a matéria você deveria ter ao responder um texto que nem se quer terminou de ler.
    Nós somos diferentes, com formações diferentes e o mais interessante, com opiniões diferentes.
    Não percebi nenhum tipo de PRÉ-conceito ou algo parecido no texto, o que eu vi ali foi a opinião de um cidadão que manteve o respeito ao falar das suas discordâncias.
    Conheço pessoas, normais, de carne e osso que “gostariam de ser diferentes” do que são.
    E quando você expressa uma opinião, você quer que o mundo seja do seu jeito, liberal e sem pré-conceito no seu caso. Mas, aposto que nem todos pensam assim, então, a visão que cada um tem do mundo é que torna as coisas mais interessantes. Quanto ao texto mal escrito, essa é uma opinião sua, da sua visão e quem sou eu pra questionar. (sem PRÉ-conceitos)

  • André Luís Marçal Júnior

    Parabéns Rodrigo! Não só pelo texto bem redigido, mas também por tocar em um assunto que a sociedade hétero não toca. Enquanto as pessoas que se denominam Homosexuais cada dia mais espõe seus pontos de vistas em meio a sociedade, os héterosexuais ficam cada dia mais calados ou se sente sufocados por uma palavra chamada “homofobia” que é cada dia mais divulgada pela mídia, porém se fala pouco sobre o verdadeiro significado dela. Homofobia é você perseguir pessoas por sua opção sexual. Homofobia não é você ir contra a posição homosexual. Ou seja, você pode e na minah opinião deve ir contra a posicionamentos e leis que apoiam a “causa gay”, porém jamais perseguir ou descriminar pessoas por serem.
    Esse tema é tão presente, que estou vivendo isso na minha vida. Descobrí que meu melhor amigo de faculdade era homosexual. Por saber que sou Cristão ele ficou temeroso. Porém a atitude que tomei foi não mudar minha postura perante a ele. Quando tenho oportunidade fala sobre minhas convicções religiosas e sexuais. Porém nós Cristão temos que lembrar do exemplo que Jesus teve com os “pecadores”, sempre quando oportunidade ajudar e aconselhar a mudar o caminho. E lembrarmos que está escrito “Não é por força, nem por opressão, mas pelo espírito de Deus!”. Temos que ser convictos sim de nossa opção sexual e religiosa a expondo e debatendo, porém jamais podemos oprimir ou obrigar, pois aí seremos pedra de tropeço para as pessoas!

    • Rodrigo Henriques

      Obrigado cara.

      Partilho das mesmas opniões que você e sei que estamos corretos na nossa forma de pensar.

      Abraço.

  • Vinny Scott

    Da-lhe> Ao Cara mais F*** Que conheço .
    Te amo Brother.
    Abraços .

  • Luciano A.

    Confesso q vim ler este texto já com 4 pedras na mão, mas me surpreendi.

    Achei o titulo infeliz e não concordo totalmente com o ultimo parágrafo, particularmente sobre a comparação com as drogas. Sei q vc teve a intenção de ilustrar o q quis dizer, mas drogas são uma coisa capaz de destruir tanto a vida de quem usa qto das pessoas em volta, enqto a homossexualidade em si não é algo prejudicial ao individuo nem a familia (a não ser qdo pessoas intolerantes estão envolvidas).

    Mas, mesmo assim, quem dera se todos q “não gostam do homossexualismo”, tivessem a mesma postura q a sua diante do assunto. Essa é a diferença entre discordar e ofender, q muitos não entendem, assim como discordo de alguns de seus pontos, mas exponho meu ponto de vista sem partir pra ofensa. Isso gera um debate saudável, e q leva ao entendimento.

    O q muitos não entendem é q, pra respeitar, vc não precisa gostar, muito menos agir igual. Basta somente isso, respeitar, não agir contra. Nós não queremos uma sociedade gay, o q queremos é não sermos olhados torto, apontados, xingados, humilhados ou agredidos. Mas qdo pessoas públicas vão à mídia dizer q somos aberrações, promíscuos, q apoiamos a pedofilia, e outras barbáries do gênero, isso vai além da dita liberdade de expressão. Se torna difamação, mentira, afronta e, por conseqüência, incentivo ao desrespeito e à violência.

    Se te interessar, dê uma olhada no artigo http://en.wikipedia.org/wiki/Biology_and_sexual_orientation , q fala um pouco sobre causas, questões naturais e diferenças biológicas entre héteros e gays.

    PS.: Sobre um de seus comentários, a respeito da reprodução. Não quero abrir uma outra discussão a respeito da família gay, mas vc não deve esquecer q nós não somos estéreis. Os gays são capazes de reproduzir, tanto q existem casais gays com filhos, tanto adotivos quanto biológicos de um dos companheiros. Mas a questão é: mesmo capazes de termos filhos, será q todos devemos, hetero ou homo? O q eu quero dizer é q, imagine o q aconteceria se todo gay capaz de ter filhos o fizesse, já q já estamos tendo problemas com o excesso populacional…

    É curioso também o seu ultimo comentário no texto, sobre a reação dos gays, já q eu já começo a ver idéias de reações às agressões nos círculos a q faço parte. E isso não será bom pra nenhum dos lados.
    No mais, espero q vc realmente leve adiante esta postura tolerante na sua vida, e q outros sigam seu exemplo.

    • Rodrigo Henriques

      Levarei a diante sim.

      Quanto a reprodução, não disse em momento nenhum que gays são estéreis. Creio que vc tenha entendido o que eu quis dizer, apesar de meio enrolada a dissertação. rs

      Espero que todos nós, seres humanos, possamos compreender o respeito e o amor que devemos que ter uns para com os outros.

      Obrigado pelo excelente comentário.

  • http://www.1up.net.br Rodrigo Portillo

    Cara isso foi meio preconceituoso… dizer para ter compaixão com alguém porque ela é homossexual?

    Infelizmente não sou, mas tenho muitos amigos e amigas que são. E dizer para ter compaixão faz parecer que se trata de um problema, quando na verdade não é.

  • http://www.andersonbarboza.com Anderson Barboza

    Portillo,

    Se eu sou a favor do homossexualismo tudo beleza, agora se eu não concordo viro preconceituoso? Não há um meio termo ai não? é 8 ou 80 mesmo?

    Acredito que hj em dia a muitas pessoas que querem ser os certinhos e politicamente corretos…
    Para você e muitos não é problema, e para mim é um problema, vejo o homossexualismo como uma “doença” que precisa ser tratada.
    Opiniões são diferentes e temos que conviver com elas…
    Assim como muitos dizem que essas pessoas que não aceitam estão regredindo eu digo que na minha opinião quem regride são essas pessoas… mas é a apenas uma opinião, como vc tem a sua e eu respeito.

    • http://www.1up.net.br Rodrigo Portillo

      Anderson,

      Dizer que Homossexualismo é uma doença. É a mesma coisa que dizer que a crença em um Deus é uma enfermidade mental.

      • Fernando Henriques

        Salve Portillo!

        Antes de mais nada, gostaria de dizer que é bom ter um dos nossos leitores mais ativos comentando no nosso texto mais polêmico. Aliás, muitas vezes, a polêmica não é ruim, e pode até contribuir para esclarecimento de determinados assuntos.

        Pois bem, sobre o comentário acima, a liberdade de expressão pode ser um caminho a entender melhor as coisas, todos tem o direito de se expressar, seja criticando a religião, o governo ou práticas homossexuais. No meio disso podem surgir opiniões mais extremas, como as que você citou, mas que ainda assim são respeitadas como o direito do cidadão de querer pensar de tal forma.

    • http://www.1up.net.br Rodrigo Portillo

      Anderson,

      Além disso, acredito que o FeedBackMagazine seja uma revista eletrônica, como o próprio nome já diz. E por isso, deva ser um espaço de imparcialidade e não de opiniões pessoais. Apresente os fatos, mas seja imparcial, se quiser fazer algo pessoal não escreva um artigo, escreva num blog seu.

      Compreendo haver pensamentos pessoais em comentários. Mas a área do artigo deva ser para gerar discussões e não gerar polêmicas.

      • Fernando Henriques

        Portillo, em parte você têm razão, mas na organização editorial da revista nós separamos as seções das colunas exatamente por isso. Nas colunas, onde somente um autor alimenta cada uma, a opinião pessoal têm mais espaço, como se fosse um blog mesmo, porque esse é exatamente o objetivo. Se você navegar pelos demais textos de todas as colunas, perceberá esta característica.

        Nessa parte (organizações editorial), somos bem rígidos e atenciosos. É claro que em canto nenhum publicaremos conteúdo que incentive praticas ilegais ou faça qualquer tipo de apologia a crime algum, pelo contrário, iremos criticar tais posturas. Porém o texto em questão não é este tipo de conteúdo, é apenas a opinião do autor – que deve sempre ser respeitada. Nós procuramos deixar todos os autores livres para se expressar, isso ajuda muito na qualidade do conteúdo. Nesta coluna em especial, chamada Cotton’s World, os textos tem a cara e a identidade do autor, e era isso que a gente esperava mesmo.

        Este artigo – não deixa de ser artigo por ser dotado de opiniões pessoais – sobre o homossexualismo pode ser caracterizado como polêmico, e não vejo problema nisso. Até porque, nos comentários, vemos críticas fortes, mas também que muitos membros da comunidade LGBT – os mais lúcidos – entenderam a posição do autor, respeitaram a opinião dada e deixaram as suas, alguns até elogiaram a iniciativa.

        Espero que tenho entendido um pouco melhor a posição da revista quanto as opiniões pessoais em textos. Abs

  • http://www.andersonbarboza.com Anderson Barboza

    Portillo,

    Só para complementar o que o Fernando disse, em quase todas as revistas há colunas que são sobre opiniões ou visões do autor.

    “Dizer que Homossexualismo é uma doença. É a mesma coisa que dizer que a crença em um Deus é uma enfermidade mental.”

    Como eu já havia falado, são opiniões… Se você acha isso ok, respeito sua opinião, mas discordo dela.

  • http://www.1up.net.br Rodrigo Portillo

    Não são opiniões, são evidências.

    Homossexualismo não é doença.
    Se uma pessoa é feliz com o que é, por que ela deve ser dígna de pena?

    • Fernando Henriques

      Essa discussão é incrivelmente abragente e sou a favor do debate sobre a assunto, porém jamais vou desmerecer qualquer opinião sobre o tema.
      Dizer que é doença e tal, entra no campo da medicina, não posso me posicionar sobre, mas dizer que é errado, que não é a favor da prática, acho normal. Tão normal quanto muitos dizem achar certo. O interessante é notar a que cada dia mais opiniões contrárias são abominadas, acredito que entre ambas as partes – a favor e contra – deve haver um diálogo sadio sobre o tema.

      Agora, como editor desta revista, me incomodou um pouco você pelo twitter falar que somos parciais, ainda mais colocando religião no meio. Como eu disse antes, apenas publicamos a opinião do autor em sua própria coluna – de nome Cotton’s World, o mundo do Cotton. Ele se expressou sobre o tema, e como também disse antes, foi repudiado e também elogiado por membros da comunidade GLBT. O melhor de tudo foi a abertura desse debate sadio que estamos levando, mas quanto a parcialidade, não recusamos nenhum comentário crítico ao texto, estamos abertos a opiniões contrárias também, somos o espaço mais democrático da web e estranhamente estamos sendo criticados por isso.

      Quando digo espaço mais democrático da web, me refiro a este texto principalmente, que a maioria não publicaria por ser polêmico ao extremo, mas nós respeitamos as opiniões, contrárias e a favor. Só isso! Liberdade de expressão em larga escala, é importante você entender isso, o autor tem o direito de discordar respeitosamente sobre qualquer assunto. Assim ele o fez!

  • Felipe

    Amigos,

    Primeiramente: A liberdade de expressão é uma prática que deve ser utilizada com sabedoria, também é necessário ter o mínimo de ética e educação para tratar com pessoas que tem opiniões contrárias, para não ser intransigente.

    Dito isto, acredito que na visão da religião o homossexualismo não é uma prática aceitavel, pois Deus criou o homem e a mulher para que pudessem procriar e assim dar continuidade a espécie.

    No ponto de vista de ser humano, temos de levar em consideração a questão do livre arbítrio, o homem (leia homem e mulher) é livre e faz o que bem entender e aceitar a responsabilidade que cada ato traz.

    Na MINHA visão, o homossexualiso não é uma doença, não é coisa de criação, não é “falta de porrada dos pais”, e sim uma opção de uma pessoa em busca da felicidade… E não precisa ser um homossexual para perceber isso (como eu não sou), é apenas questão de visão…

    O cantor “Gabriel o Pensador” tem uma música que ilustra muito bem esta discussão. O nome dela é “Racismo é burrice”
    http://www.youtube.com/watch?v=MDaB8muAANc

    Depois de ouvir esta música, comecei a perceber que alguns preconceitos são totalmente arcaicos e não levam ninguem a lugar algum…

    Intransigentes que apoiam e intransigentes que são contra o homossexualismo, façam uma lavagem cerebral…

  • Gislaine Tavares

    Respeito é muito bom, e todo mundo gosta. Ninguém é obrigada a aceitar, mas temos o dever de respeitar opiniões e gostos diferentes dos nossos … Parabéns amor, Deus te abençoe, você escreveu muito bem *-*

    • Rodrigo Cotton

      Muito obrigado amor. Você é incrível.

  • joncimar Mesquita

    HOMOSSEXUALISMO É UM DESVIO DE CONDUTA. PODEM FAZER UMA ACAREAÇÃO SOBRE O ASSUNTO DURANTE 200 MIL ANOS, E ESCREVEREM UM LIVRO COM 1 MILHAO DE EXPLICAÇÕES. NÃO TEM JEITO, AQUELES QUE ADMITEM COMO CORRETO, APENAS MASCARAM SUA CONSCIENCIAS.

  • Junior Omni Silva

    __________________________

    * DEUS CONDENA A HOMOSSEXUALIDADE

    Textos bíblicos: Levítico 18:22 / Romanos 1:26-27 / 1ª Coríntios 6:9-10

    - YOUTUBE: http://www.youtube.com/watch?v=HI0e8YI6D20

    __________________________

    * Por causa disso Deus os entregou a PAIXÕES VERGONHOSAS. Porque ATÉ AS SUAS MULHERES TROCARAM AS SUAS RELAÇÕES SEXUAIS NATURAIS por outra, contrárias à natureza (LESBIANISMO).

    Da mesma forma, OS HOMENS TAMBÉM ABANDONARAM AS RELAÇÕES SEXUAIS NATURAIS COM AS SUAS MULHERES, e se inflamaram de paixão uns pelos outros.

    COMETENDO ATOS INDECENTES, HOMENS COM HOMENS, (HOMOSSEXUALISMO) recebendo em si mesmos o castigo (DSTs – HIV – AIDS)…merecido pela sua perversão.

    ________________________________________­_______

    * Carta do apóstolo Paulo aos ROMANOS.
    Capítulo 1: 26-27

    ___________________________

    HOMOSSEXUALISMO É DEPRAVAÇÃO!

    - do grego: PARAPHUSIN = CONTRA A NATUREZA – (Macho x Macho / Fêmea x Fêmea) – ANTI-NATURAL

    - do Hebraico: TO’ EVAH = ABOMINAÇÃO.

    ______________________

    “…Com homem não terás relações sexuais,
    como se fosse mulher, É ABOMINAÇÃO…”

    LEVÍTICO 18:22
    ___________________________

    A HETEROSSEXUALIDADE É O PERFEITO PLANO DE DEUS!

    https://www.facebook.com/pages/Homossexualismo-Abomina%C3%A7%C3%A3o-Contra-Deus/180299165454553
    ___­________________________

    * ATRAVÉS DA HETEROSSEXUALIDADE, VEM A FAMÍLIA. O QUE NÃO É POSSÍVEL NO HOMOSSEXUALISMO

    * TODO GAY OU LÉSBICA, VEIO DA RELAÇÃO HETEROSSEXUAL. Provem o contrário os DEFENSORES DO MOVIMENTO GAY?

    O HETEROSSEXUALISMO SURGIU QUANDO DEUS CRIOU ADÃO E EVA. Surgiu então, O PÊNIS E A VAGINA. Mas, APÓS A QUEDA DO HOMEM E DA MULHER, DEUS DISSE QUE A TERRA FICARIA AMALDIÇOADA… E DE FATO, FICOU! –

    Gênesis 3:17
    _________________________________

    * Caim matou Abel, e fundou uma cidade chamada: ENOQUE (nome do seu filho primogênito)

    FOI NA CIDADE DE ENOQUE (cidade dos cainitas) que surgiu A POLIGAMIA, A PEDOFILIA, e o HOMOSSEXUALISMO.

    Por isso, Deus chama a prática HOMOSSEXUAL de: ABOMINAÇÃO. Do hebraico – to’evah…

    “…Com homem não terás RELAÇÕES SEXUAIS, como se fosse mulher, pois é “TO’EVAH” = ABOMINAÇÃO…” – LEVÍTICO 18:22

    ESTA É A PALAVRA DE DEUS.
    _________________________________

    * Mas, aqueles que desejam VIVER NO HOMOSSEXUALISMO E NO LESBIANISMO, mesmo lendo na Palavra de Deus que isto é ABOMINAÇÃO, DEPRAVAÇÃO E PECADO…

    Para estas pessoas, A PARTE DELAS SERÁ FORA DO REINO DE DEUS, porque souberam que é pecado, mas desprezaram a Palavra de Deus, e não quiseram ABANDONAR O PECADO HOMOSSEXUAL.

    1ª Coríntios 6:9-10 “Efeminados e Sodomitas = Gays, Travestis, Pedófilos, Lésbicas, etc…”

    * MALAKOI = Gay Passivo

    * ARSENOKOITAI = Gay Ativo
    __________________________________-

    * Então Deus, que é AMOR, mas é também, JUSTIÇA E UM FOGO CONSUMIDOR, julgará OS HOMOSSEXUAIS, como também julgará OS HETEROSSEXUAIS, de acordo com o que está em SUA SANTA PALAVRA.

    * EXISTE O CÉU E O INFERNO, DOIS CAMINHOS. AMBOS SÃO ETERNO…

    * Assim como existe, apenas: O PÊNIS e a VAGINA, que é o modelo perfeito criado por Deus, ou seja: HETERO(Diferente)SSEXUALISMO

    * Já o HOMO(Igual)SSEXUALISMO, para Deus é ABOMINAÇÃO. Pois dois gays NUNCA PODERÃO GERAR FILHOS através do SEXO ANAL (ABOMINAÇÃO / SODOMIA / PECADO / DEPRAVAÇÃO / HUMILHAÇÃO DO HOMEM CRIADO A IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS)

    Da mesma forma, duas lésbicas jamais poderão gerar filhos, através do LESBIANISMO

    Pelo fato de os homens perversos, A GERAÇÃO DE CAIM, se afastarem de Deus. Vivendo numa cidade cheia de PECADOS E ABOMINAÇÕES. Deus os entregou para viverem conforme os desejos dos seus corações perversos e malignos.

    E o mesmo aconteceu a outras civilizações que, NÃO SE IMPORTANTO COM O CONHECIMENTO DO DEUS VERDADEIRO, mas, vivendo na idolatria, nos cultos pagãos, oferecidos aos deuses e às deusas da antiguidade, eles passaram a fazer a sua própria vontade. Porém, o que faziam não era a vontade de Deus.
    _________________________________

    “…Por causa disso Deus os entregou a PAIXÕES VERGONHOSAS. Porque ATÉ AS SUAS MULHERES TROCARAM AS SUAS RELAÇÕES SEXUAIS NATURAIS por outra, contrárias à natureza (LESBIANISMO).

    Da mesma forma, OS HOMENS TAMBÉM ABANDONARAM AS RELAÇÕES SEXUAIS NATURAIS COM AS SUAS MULHERES, e se inflamaram de paixão uns pelos outros.

    COMETENDO ATOS INDECENTES, HOMENS COM HOMENS, (HOMOSSEXUALISMO) recebendo em si mesmos o castigo (DSTs – HIV – AIDS)…
    merecido pela sua perversão…”

    * Carta do apóstolo Paulo aos ROMANOS. Capítulo 1: 26-27
    ________________________________________­_______

    * SATANÁS ESCRAVIZA OS HOMOSSEXUAIS, DOMINANDO AS SUAS MENTES E OS SEUS CORAÇÕES.

    PARA ELES PENSAREM QUE O HOMOSSEXUALISMO E O LESBIANISMO É NORMAL.

    https://www.facebook.com/pages/Homossexualismo-Abomina%C3%A7%C3%A3o-Contra-Deus/180299165454553
    ________________________________________­_____________

    © JUNIOR OMNI – 2013

  • josenildo

    VALEU RODRIGO POIS ACHO SER UM ASSUNTO TÃO IMPORTANTE EM UM MOMENTO EM QUE TUDO QUE FALAM SOBRE ESSE TIPO DE COMENTÁRIO SE NÃO TIVER UM OLHA DE JUSTIÇA VAI DIZER QUE É HOMOFOBIA COMO EM MUITAS VEZES, SOU DESSES MESMO OLHA AMO O SER HUMANO MAIS NÃO A SUA PRÁTICA E MESMO ASSIM É UM DIREITO MEU E DE QUALQUER OUTRO PENSA DESDE QUE O RESPEITE É CLARO !!!!

  • Geovanny

    “Deveríamos ter mais compaixão e menos ódio com as pessoas que sofrem com esse problema.” Homossexualidade é um problema ? O_o

  • chris

    Eu acho que você está no caminho certo, no que diz a questão do respeito, mas ainda não conseguiu chegar totalmente no não-preconceito, começando pelo jeito que você abordou a questão, chamando de “homossexualismo”, que é um termo ofensivo para a maioria dos homossexuais, porque remete a doença, perversão, etc.
    Outro ponto é dizer “odeio o homossexualismo”, é um ódio gratuito, que não te diz respeito, o que as outras pessoas fazem com o corpo delas.
    Odiar “a prática” ainda está interligada com preconceito, com certeza.