Futebol brasileiro aguarda sentença

Futebol brasileiro aguarda sentença

0

Bola na rede não é mais sinônimo de resultado. A disputa, até então esportiva, saiu das quatro linhas e invadiu alguns tribunais, no intuito de modificar os resultados conquistados em campo. O esporte, seja qual a modalidade, não pode perder a sua magia por conta de liminares de torcedores comuns. Já imaginou jogar uma partida de tênis e perder? Logo em seguida o perdedor entra numa delegacia, dá parte do ocorrido e entra com uma ação reparatória. É muito descabido, não acham?

 

O fim do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2013 ficará marcado pela prorrogação fora de campo provocado pelas denúncias da Procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), indicando Portuguesa e Flamengo por irregularidades nas escalações de seus jogadores (Héverton, da Lusa, e André Santos, do Flamengo). A entidade jurídica desportiva em questão enquadrou os clubes citados no artigo 214 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que cita a penalidade em caso de escalação de atleta com situação irregular. O Tribunal acabou condenando os times e a Portuguesa acabou rebaixada, beneficiando o Fluminense, o primeiro time da zona de rebaixamento.

 

Fluminense e Vasco vivem momento ímpar no futebol

 

Um torcedor de São Paulo entrou com um pedido de liminar para reaver os pontos retirados da Portuguesa e Flamengo. Para espanto de alguns, o juiz aceitou a argumentação deste torcedor e notificou a CBF e o STJD para que fizessem a tal reparação. Neste momento, o Fluminense está rebaixado e a Portuguesa “sobrevive” na elite do futebol nacional. Caso se confirme, o time das Laranjeiras sofrerá a quarta queda de sua história, iniciada em 1996.

 

A quarta queda do tricolor carioca será confirmada?

A quarta queda do tricolor carioca será confirmada?

 

O Vasco, por sua vez, tenta arrumar mecanismos jurídicos para permanecer entre os 20 grandes do futebol brasileiro, porém a situação do Time da Colina é mais delicada. Além de perder na última rodada, o que sacramentou o despenco à segunda divisão, a equipe vascaína voltou a campo para disputar a partida interrompida por conta da violência de torcedores nas arquibancadas de Joinville. Com isso, o time desceu em campo e, por ora, nos tribunais também.

 

Campo de futebol ou Tribunais, aonde o seu time vai estar?

 

O que fica de lição? Pelo visto, o futebol está perdendo a sua decência esportiva. Os interesses financeiros, as manipulações de resultados e outras manifestações já eram conhecidas, mas “enfiar” a Justiça no meio de resultados não era o que o torcedor esperava. Acho melhor, a partir de agora, os times se reforçarem com bons advogados e terem sempre procuradores e juízes habilidosos para obterem títulos.

 

Aguardem os próximos capítulos, pois, nem de perto, está prestes de terminar.

André Vieira
André Vieira é faixa-preta de jiu-jitsu, apaixonado pelo Fluminense e amante da boa música. Desde Iron Maiden até Frank Sinatra, passando pela malandragem de Bezerra da Silva.

Leia também...

 
Dê mais vida a Feedback Mag., para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual você comenta aqui na revista. Leva 2 minutos.