Doctor Who – De 2005 a 2009

Doctor Who – De 2005 a 2009

9

Agora vamos continuar com o artigo sobre os 48 anos de Doctor Who (leia a primeira parte aqui), a intenção é prepará-los para a estreia da nova temporada em 23 de Abril, que segundo muitos é a mais esperada tanto na TV inglesa como também na americana.


Recomendo ler essa parte do artigo principalmente os que não querem assistir a fase anterior da série, apenas a atual, e assim começar mais rápido a acompanhar em tempo real os novos capítulos. A série nova – após o hiato dos anos 90 – conta com cinco anos completos de produção, dos quais os quatro primeiros tiveram dois Doutores e um produtor em comum, vou chamar esta fase de era Russell T. Davies (produtor e principal escritor), que após criar e produzir séries como Queer as Folk, Bob & Rose, The Second Coming e Casanova, foi escolhido pela BBC em 2005 para trazer de volta a sua série clássica e de mais prestígio. Para que possam assistir aos episódios desta incrível fase, evitarei maiores spoilers.


Primeira temporada


Reestreando em 26 de março de 2006 com o episódio Rose, onde um novo Doutor (o 9º, interpretado por Christopher Eccleston – que muitos dizem não querer ficar marcado pelo papel e por isso saiu da série), nunca visto até então, faz sua primeira aparição após uma guerra temporal entre Daleks e Time Lords, ambas as raças se aniquilaram deixando apenas o Doutor como sobrevivente.


Veja um trailer da 1ª temporada em 2005:



Ele encontra sua nova companheira, Rose Tyler, uma vendedora de loja que é salva por ele e que após o ajudar na primeira aventura, deixa a mãe viúva e o namorado para viajar com o Doutor. Os dois viajam pelo tempo e espaço durante a temporada toda, com um Doutor muito sentido por ser o último de sua raça e o arco todo dela girava sobre o “Bad Wolf”, criatura que Rose se torna no último capítulo da temporada com a energia do núcleo da TARDIS, uma espécie de semi-deusa capaz de manipular a realidade ao seu bel prazer.


Nessa temporada podemos realçar alguns acontecimentos e capítulos:


1º capítulo – Rose – A Rose Tyler se junta ao Doutor e reinicia a série.


6º capítulo – Dalek – Onde o inimigo clássico do Doutor reaparece.


7º capítulo – Father’s Day – Onde Rose tenta salvar o seu pai enquanto ela ainda era bebê e cria um paradoxo no tempo.


9º e 10º capítulo – The Empty Child e The Doctor Dances – Onde na segunda guerra mundial acham um viajante do tempo, humano, e ex polícia temporal, o Capitão Jack Harkness (John Barrowman), que é Omnisexual e passa a seguir, por breves capítulos, com o Doutor e Rose na TARDIS.


Os últimos capítulos da temporada, onde é desvendado o Bad Wolf e o Capitão Jack é ressuscitado – tão bem que se torna imortal, termina com o Doutor salvando a Rose e se ferindo, sendo obrigado a regenerar no 10º Doutor (David Tennant, meu Doutor predileto).


Segunda temporada


O novo Doutor se descobre e continua em seu envolvimento com Rose Tyler, eles partem em várias aventuras onde os dois se envolvem de uma maneira romântica, rara na série, o que tornou muita gente fã da Rose. O arco principal da temporada é o aparecimento da nova série Spinoff do Doutor, Torchwood.


Veja alguns trailers da segunda temporada: http://www.youtube.com/watch?v=6U6o0jSTw5Q e
http://www.youtube.com/watch?v=qTl95gnR_es.


Torchwood


Capítulos da segunda temporada:


Especial de Natal – Christmas Invasion – O Doutor, meio tonto pela regeneração, de pijamas e dizendo que isso é muito Arthur Dent (clara homenagem a Douglas Adans, que também escrevia para a série), salva o mundo de uma invasão e o episódio termina com uma situação no Torchwood Institute.


O Doutor e a rainha Vitória2º Capítulo – Tooth and Claws – Em 1879 o Doutor encontra a Rainha Vitória e eles passam a noite na mansão Torchwood, sendo perseguidos por um alienígena lobisomem que acaba assustando a rainha e assim ela decide fundar o instituto Torchwood para lidar com a ameaça alienígena na Inglaterra.


3º Capítulo – School Reunion – A ex-companheira do Doutor nos anos 70, Sarah Jane Smith (Elisabeth Sladen), aparece e ajuda o Doutor. Gancho para o início da nova série Spinoff, Sarah Jane Adventures, que é uma versão para crianças de Doctor Who, atualmente na 4ª temporada pela BBC, farei um artigo brevemente sobre a série.


4º Capítulo – The Girl in the Fireplace – Capítulo onde o Doutor encontra a Garota na Lareira (Madame Du Pompadur) e a tenta salvar, engraçado é que a atriz que faz o papel, na época, era a namorada real de David Tennant e faz o clima do capítulo ser mais romântico e diferente.


Os Cybermens5º e 6º Capítulo – Rise of the Cyberman e The Age of Steel – Em uma dimensão paralela, os inimigos clássicos do Doutor, os Cybermens, surgem na Terra, diferentemente dos originais, e terminam deixando nessa dimensão o noivo da Rose, onde aliás seu pai ainda esta vivo, mas sua mãe não.


12º e 13º Capítulo – Army of Ghosts e Doomsday – O Doutor enfrenta de uma vez os seus piores inimigos, mas perde sua companheira em uma das cenas mais tocantes da série (Adoro a Rose Tyler!).


O Doutor e Rose Tyler, despedida!!


O Doutor termina a temporada chorando pela Rose até que aparece uma noiva no meio TARDIS, no espaço, eles discutem e vem o primeiro capítulo da 3ª temporada.


Terceira temporada


O Arco da terceira temporada toda leva até o grande evento que apenas se revela totalmente nos últimos quatro capítulos sequenciais, mas antes disso vamos mostrar alguns capítulos de uma das melhores temporadas do seriado.


Veja os trailers dessa temporada imperdível: http://www.youtube.com/watch?v=DwO4aMsvJMk e
http://www.youtube.com/watch?v=R1rkE6eruh4.


Especial de Natal – The Runaway Bride – Neste capítulo o Doutor ajuda a noiva perdida, Donna Noble (Catherine Tate), a chegar em seu casamento – ela está fugindo de alienígenas.


O Doutor e a noiva que foge de alienígenas


1º Capítulo – Smith and Jones – O Doutor conhece a sua nova companheira, Martha Jones (Freema Agyeman), médica que ele salva junto com todo um hospital que é transportado para a Lua.


3º Capítulo – The Shakespeare Code – O Doutor leva Martha para conhecer seu ídolo literário, William Shakespeare, em um capítulo que segundo se comentou na época, foi uma homenagem a uma escritora que adorava Doctor Who e que queria pelo menos ser citada, por isso em algumas vezes no capítulo citam a senhora Joanne Kathleen Rowling (caso você não saiba: a autora de Harry Potter) em um humor inglês típico.


10º Capítulo – Blink – Simplesmente para muitos este é o melhor capítulo de Doctor Who já feito na fase nova, o meu predileto da era Russell, porém ele foi escrito pelo melhor escritor da época que agora é o escritor principal e produtor, Steven Moffat. Ele também é responsável por quase todos os melhores capítulos da era Russell mesmo. Nesse episódio conhecemos a mais nova raça alienígena oposta ao Doutor, os Anjos Lamentadores. Enfim, este capítulo é imperdível, simplesmente imperdível.


Trailer de Blink:



11º, 12º e 13º Capítulo – Utopia, The Sound of Drums e The Last of Time Lords – Sequência de capítulos que trás o maior inimigo do Doutor de volta a série, o Mestre, com um plano incrível para vencer o Doutor que é salvo pela Martha, porém vai embora após isso.


14º Capítulo – Time Crash – Especial do Children In Need (como se fosse um Criança Esperança da BBC), onde em menos de 10 minutos o 10º Doutor encontra o 5º na TARDIS, simplesmente tocante, um momento de fã mesmo, onde o 10º homenageia o 5º e vice e versa, e onde o próprio David Tennant assume que copiou partes da roupa dele e seu comportamento, diz que ele foi o “seu” Doutor, aliás, segundo sabemos Tennant conheceu a sua namorada – Georgia Moffett, filha do 5º Doutor (Peter Davison), por aí, mas isso só será importante mesmo na próxima temporada.


Quarta temporada


Veja o trailer desta temporada: http://www.youtube.com/watch?v=qfEPQqHx40c.


Especial de Natal – Voyage of the Damned – Já começa emendada no capítulo especial do encontro dos Doutores e tornando este um capítulo espetacular, onde o Doutor sem companheira – após a saída de Martha – se choca com a nave Titanic e impede sua queda na Terra. Divertidíssimo os momentos onde ele se veste de 007 e é apoiado por uma fã da série que participa como companheira apenas nesse capétulo, Kylie Minogue.


1º Capítulo – Partners in Crime – Neste capítulo o Doutor faz sua primeira aventura com sua nova companheira (não tão nova assim), Donna Noble, que decide enfim viajar com o Doutor.


6º Capítulo – The Doctor’s Daughter – O Doutor e Donna caem em um planeta onde o DNA do Doutor é retirado e uma filha clone surge, já adulta, instantaneamente. Adivinhem quem é a filha do Doutor? Georgia Moffett, a filha do 5º Doutor (Peter Davison), aliás, Davir Tennant e ela estão noivos, vão se casar em 2012 e já tem até uma filha.


River Song8º e 9º Capítulo – Silence in the Library e Forest of the Dead – Nestes capítulos explosivos o Doutor conhece uma personagem muito importante e misteriosa, a Drª River Song, que conhece o Doutor em seu futuro e espantosamente tem uma chave de fenda sônica e sabe o verdadeiro nome, em linguagem de Gallifrey, do Doutor, o que deixa todos em dúvida de por que ela teria toda essa intimidade com o Doutor (muitos até pensaram que ela seria a mulher do Doutor). Uma série de teorias surgiram, porém até hoje ela continua aparecendo na série, mas o mistério de quem ela seria permanece e segundo prometido será revelado na 6ª temporada, que começa agora na páscoa de 2011.


11º Capítulo – Turn Left – Capítulo onde Donna entra em um paradoxo temporal e descobre ser diferente, com isso acaba sendo ajudada por uma personagem bem conhecida: Rose Tyler.


12º e 13º Capítulo – The Stolen Earth e Journey’s End – Capítulos especiais de fim de temporada onde o Doutor enfrenta novamente uma invasão Dalek na Terra e é ajudado por nada menos que todo o elenco de companheiros da série até ali: Rose, Martha, Sarah Jane, Capitão Jack, o pessoal de Torchwood, de Sarah Jane Adventures e muito mais, todos ajudando o Doutor a vencer os Daleks. Esse capítulo é o ápice da era Russell T. Davies como produtor e a partir daí começa a sequência de capítulos que levam a regeneração do 10º para o 11º Doutor, e a saída do produtor para entrada do novo, terminando com o Doutor apagando a memória da Donna para preservar sua vida, pois ela ganha todo conhecimento de um Time Lord e isso a mataria. Termina com ele deixando a Rose com seu clone humano e indo viajar sozinho.


Doctor Who - Journey's End


Como David Tennant já estava com a agenda cheia para o ano de 2009, decidiram fazer apenas 4 especiais nesse ano, mais algumas participações especiais e crossovers, até a regeneração do 10º para 11º Doutor em um capítulo duplo especial, são eles em sequência:


(1º) – The Next Doctor – Especial de Natal da 4ª temporada onde o Doutor pensa estar conhecendo o próximo Doutor na era vitoriana, um capítulo muito bom, com dois doutores, porém no final ainda não era o próximo Doutor, mas o suspense sobre a identidade do mesmo começa aí e se mantém pelo ano inteiro.


(2º) – Planet of the Dead – Capítulo de páscoa onde o Doutor se junta a uma super ladra de jóias (Michelly Ryan) para salvar a humanidade de monstros devoradores em um ônibus inglês voador. O Doutor começar a receber recados de uma médium que seu tempo estava acabando.


No 6º capítulo da 3ª temporada de Sarah Jane Adventures – The Wedding of Sarah Jane Smith: Parte 2 – O Doutor aparece no Spinoff de sua eterna companheira, num capítulo muito legal. Veja o trailer do episódio aqui.


Outro acontecimento legal em 2009: Doctor Who: Dreamland. Simplesmente o desenho animado de Doctor Who com as vozes de David Tennant como o Doutor e sua namorada Georgia Moffett, muito legal mesmo.


(3º) – Waters of Mars – O Doutor vai à primeira colônia humana em Marte e tenta mudar a história pela primeira vez, salvando os astronautas da morte certa contra os monstros da água de Marte, o episódio termina com mais um aviso de que o tempo do Doutor estava terminando.


(4º) – Children in Need 2009 – Em uma aparição especial de menos de 5 minutos para arrecadar fundos para as crianças do Children in Need, com apenas algumas cenas da primeira parte de The End of Time.


End of Time: Parte 1 – O capítulo de natal, o penúltimo do 10º Doutor e sobre a batuta de Russell T. Davies, o Mestre retorna com um plano novo, transformar a raça humana inteira em seus clones.


End of Time: Parte 2 – Galifrey retorna com Rassilon em seu comando, usando o Mestre para isso e o Doutor termina salvando a humanidade e vencendo não só o mestre como Rassilon e para isso fica a beira da morte.


Sendo obrigado a regenerar em uma das cenas mais emocionantes entre todas as séries de TV que já assisti, ele se despede de todos os companheiros em seus últimos momentos e volta a TARDIS para a regeneração propriamente dita, com a música Vale Decem de fundo (de Murray Gold, que compõe todas a trilhas da série desde de 2005 até hoje), nessa cena tocante nos despedimos de David Tennant e o 10º Doutor e damos as boas vindas ao 11º Doutor (Matt Smith, o atual).


Cena da regeneração: http://www.youtube.com/watch?v=XQrd44v7Q6w.


Regeneração do 10º para o 11º Doutor


No próximo artigo vamos falar da 5ª temporada com o novo Doutor, sua nova companheira e o novo produtor e escritor já conhecido, Steven Moffat. Na contagem regressiva para a sexta e inédita temporada que inicia dia 23 de Abril. Aguardem, pois o fim é só o começo!!!


Trailer da 5ª temporada: http://www.youtube.com/watch?v=3berYXUrSnw.


In Memorian: dedicamos este artigo a Elisabeth Sladen, a eterna Sarah Jane Smith, que faleceu no último dia 19 de Abril vítima do câncer contra o qual já lutava há alguns anos, mais uma estrela sobe aos céus.

Eduardo Castellini Dourado
Eduardo "Lord Fire" Castellini Dourado é estudante de Análise de Sistemas e se considera um nerd convicto. Ativo que só, é escritor, podcaster, blogger, SteamPunk, fomentador cultural, além de pai, evangélico e fetichista (segundo alguns, um dos maiores conhecedores do assunto).

Leia também...

 
Dê mais vida a Feedback Mag., para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual você comenta aqui na revista. Leva 2 minutos.
 
  • Fernando Henriques

    Um dos artigos mais completos que já publicamos sobre determinado assunto, poderia facilmente ser intitulado “Guia de Doctor Who”.

    Parabéns Edu, você é louco cara. Abs

  • Sparky

    Cara, parabéns MESMO, você tá fazendo um ótimo trabalho, e fica óbvio o seu carinho pela série. Também sou whovian (termo para fãs de Doctor, que nem trekkers para o de Star Trek) e este posts estão sensacionais. Parabéns.

  • Daniel

    Concordo com o Fernando.
    No meu entender a BBC, evoluiu de uma maneira positiva em suas series, mini-series e especiais. Conheço muito pouco da TV inglesa mas nos últimos 5 ou 6 anos a BBC, no meu entender, tornou-se bastante atrativa.
    “Viajei” no tempo lendo seu excelente artigo.
    Me interessei por Dr. Who na era Russell T. Davies e continuo entusiasmado, apesar de “ainda ” não curtir o ultimo Doutor. O que me surpreende é o fato dos spinoff serem bons a ponto de “evoluírem paralelamente” a série original, mérito que credito ao Sr. Davis.
    Torchwood, não sou fá ou apoio o estilo de vida do Cap. Jack Harkness, mas gosto da serie.
    Sarah Jane Adventures, que apesar de ser voltado para um publico mais jovem… é bem legal. Continuo triste com a perda de Elisabeth Sladen.

  • Edu “Lord Fire” Castellini Dourado

    Obrigado a todos que estão comentando isso é muito importante para nós continuem.

    Eduardo “Lord Fire” Castellini Dourado.

  • Rosângela

    Olha, obrigada pelo resumo! Vc me fez assistir alguns episódios que eu havia perdido! rs
    Realmente o David vai deixar saudades (adorava ele e a Rose…)! Vamos ver se o novo Dr. saberá preencher esse vazio e dará conta do recado.

  • Mellory

    aaaaaaaaaa eu prefiro o doctor who de agora naum kero outro buaaaaaa 

  • Casemonstro Alexandre

    Grande Eduardo, nos esbarramos nesse mundo virtual mais uma vez!  Ultimamente eu tenho visto muito Doctor Who, e para minha felicidade, venho curtindo essa grande saga, com meu filho/amigo/tudo e vem sendo uma experiencia fantastica! Estava lendo seu otimo blog pelo conteudo, e p/ minha surpresa quando vejo o autor, meu antigo mestre de RPG, que fez escola diga-se de passagem! Um grande prazer em reve-lo meu amigo.

    Ps. Ainda irei publicar o Calíope, pode ter certeza! :D

    [ ]`s p/ vc e familia.

    Sandman

  • Joao Soares

    A cena da regeneração do Russel T. é tocante T^T eu chorei nessa cena sério
    Otimo resumo,muito ultil ja que eu comecei a assistir conforme passa na cultura (de segunda a sexta as 8:20 caso queira saber) e ja estou na 4 temp. precisava entender algumas coisas basicas do universo Who

  • Afrodi Terumi

    Pessoal, olhem nossa página e quem gostar curte lá, por favor. Queremos crescer cada vez mais, e sempre proporcionar a vocês entretenimento e deixar você por dentro de tudo o que ocorre pelo universo Doctor Who!http://www.facebook.com/FaClubeDoctorWho?ref=tn_tnmn