Desempregado LifeStyle – Parte 1 (Apresentações)

Desempregado LifeStyle – Parte 1 (Apresentações)

5

Sinto-me como um condenado no corredor da morte, aguardando a minha sentença com a certeza de que sempre fui inocente (até que se prove o contrário).


Não suporto esse tal de Aviso Prévio, primeiro que não gosto de nomes compostos, e segundo, pela péssima mania que ele tem de fazer a vida das pessoas um pouco mais desagradável.


Esse ano venho experimentado novas sensações, conhecendo coisas, e situações, novas e inusitadas. Adoro fazer novas amizades, mas não esperava tão cedo conhecer o tal Desemprego. O Desemprego, se não fosse um viciado em trabalho, até que seria mais agradável, mas ele só quer saber de bater metas e se superar. Um dos poucos funcionários do Governo que não faz corpo mole e adora cumprir metas.


O Desemprego é irmão gêmeo da Autonomia, nada parecidos, por sinal. Eu e Autonomia andamos flertando por um tempo, o ruim é que ela anda sempre em más companhias, como o Comodismo e a Preguiça. É engraçado como na mesma família, com a mesma educação e as mesmas oportunidades, a formação do caráter seja tão diferente.


- Bom dia – falou Desemprego.
- Bom dia – respondi sem entusiasmo.
- Vim te buscar, está pronto?
- Já?
- É a vida, fazer o quê?
- Não dá para esperar mais um mês? Aí eu entro de Auxílio Desemprego.
- Auxílio Desemprego está de férias, e para não acumular trabalho estou antecipando meu serviço e poupando um pouco o do meu amigo.


Maldito Auxílio Desemprego, janeiro não é uma boa data para tirar férias!


Bom, já que não tinha jeito, chamei o Desemprego pra tomar um refrigerante e falar sobre a vida.

Diego de Lacerda
Filósofo de beira de esquina, publicitário, sonhador e empreendedor. Gosta de filmes, desenho animado e mais um monte besteiras sem sentido. É co-fundador desta revista e fascinado pela vida - não só a sua como a dos seus amigos. No twitter: @D_lacerda.

Leia também...

 
Dê mais vida a Feedback Mag., para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual você comenta aqui na revista. Leva 2 minutos.
 
  • http://Gleyce Gleyce

    Haha sinto uma certa inspiração do livro “Desastre” que te emprestei…ficou show !

  • Diego de Lacerda

    Sem dúvidas é uma singela homenagem a esse novo autor que acabo de conhecer e de gostar.

  • http://twitter.com/#!/danielcoli Daniel Coli

    Isso ai Diego vamos encarar comhumro, que se for pra levar a serio, complica…

    @DanielCOli

  • Diego de Lacerda

    “Se a coisa não sai
    Do jeito que eu quero
    Também não me desespero
    O negócio é deixar rolar”

    A vida é simples, desesperar não vai adiantar nada. É manter a cabeça fria e relaxar que as coisas mudam de figura.

    A parada é encarar a mudança como um processo normal da vida e aproveitar a chance de ficar de bobeira. As maiores invenções da humanidade deve ter sido feita por desempregados…rs

  • anderson

    Desemprego… É bom mas também é ruim… Na nossa area ainda podemos fazer uns freela. Mas tem areas que não tem jeito, ou é bico em outras areas ou é ficar na busca frenética de um novo emprego.