“Barbudos não comem ninguém” | Bonde do Senso Comum <br />#3

“Barbudos não comem ninguém” | Bonde do Senso Comum
#3

16

Meu irmão, enfim, atendeu aos meus apelos via exemplo e decidiu deixar a boa barba que sua genética lhe confere. Postada a foto no Facebook, orgulhosamente, não tardou para que amigos e amigas reagissem ao novo visual. Reação esta eivada em sarcasmo, naturalmente, concomitante com um dos mantras estéticos do senso comum: barbudos não comem ninguém.

 

Qualquer cidadão barbado atesta facilmente a falácia que tal mantra representa, mas as pessoas seguem repetindo como se fosse uma absoluta verdade. Cabe aqui desconstruir um pouco isso.

 

"Faça amor, não faça a barba", disse ele.

“Faça amor, não faça a barba”, disse ele.

 

Pense rapidamente em um famoso barbado. Neste texto sobre as barbas de Wolverine e Batman, mostrei alguns, David Beckham incluso. Será que eles não comem ninguém?

 

Imagino que tal conceito falacioso seja baseado em padrões de beleza masculina onde homens loiros, de pele lisa, com sedosos cabelos e rosto quase feminino sejam os belos. Quando são estes os barbudos, tudo bem. Quando Brad Pitt é o barbado, ok, mas quando é o Rodrigo “Cotton” o diagnóstico é falta de mulheres.

 

Esse conceito é verdadeiro. A maioria das mulheres, principalmente as mais novas e mais suscetíveis a padrões estéticos, realmente pode curtir mais os meninos-meninas, que podem inclusive portar barbas também, mantendo o estilo “menina” (aquela barba loira, estilo Brad Pitt, esses tão safos para elas). Mas a realidade vai além dos padrões midiáticos, que são necessários sim, mas não regem toda a sociedade. Digamos que barbudos em geral – os verdadeiros – tem seu nicho de “mercado”.

 

Aquela barba grossa, de lenhador, é supostamente ojerizada pelas mulheres, na cabeça daqueles amigos “lagartixa” (sem pelos) e dos outros que temem liberar suas barbas e perderem o pequenino mulheril disponível. Porém com uma simples consulta entre todas as amigas de Facebook, por exemplo, cada um deles constataria o contrário do que pensam. Os barbados tem bastante público e apelo exatamente pela barba. A pelugem que mantém são um atrativo a mais para as não-frescas, para as mulheres de verdade, que já deixaram de ser meninas e se importam com o que mais importa.

 

Pois a revelia do mito de que barbados não comem ninguém, na hora do vamos ver, o que importa mesmo é outra parte cabeluda (ou não) do corpo. E na hora do vamos ver anterior, o famoso desenrolo, sabemos que o que importa mesmo é o que sai da boca do rapaz, não o rosto que profere tais palavras. Tenho dito.

Fernando Henriques
Idealizador e editor desta revista, Fernando Henriques é um consumista informacional. Formado bacharel em Ciências da Computação, encontra na Comunicação um elo natural. Viciado em séries, filmes, rock, MMA, política e desafios.

Leia também...

 
Dê mais vida a Feedback Mag., para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual você comenta aqui na revista. Leva 2 minutos.
 
  • Rodrigo Cotton

    Texto foda irmão! haha

    Abraço.

    • http://www.feedbackmag.com.br Fernando Henriques

      Obviamente você não conta como elogiador, sai em sua defesa. Rs.

  • Leonardo Tigro

    Mas e se o cara for feio, a barba é um ponto positivo ou negativo?

    • http://www.feedbackmag.com.br Fernando Henriques

      Acredito que mais positivo do negativa. Como falei, existe um nicho para ele, de pessoas que apreciam, antes de outro atributo, a própria barba. Então se ele é feio, é melhor que tenha barba.

      Pergunta boa.

  • Lais L.

    ótimo texto !encorajando homens a fazer mais amor que barba,seu 6° Paragrafo me representa !Me senti elogiada e ainda tem a questão das mulheres que curtem um barbudo algumas pessoas comentam que pegaria até um mendigo…Que coisa haha

    • http://www.feedbackmag.com.br Fernando Henriques

      Que ótimo Lais. Muito bom saber que acertei no texto. Abraços!

  • Nathaly Cardoso

    Isso aí. Faça amor, não faça a barba!
    Barbudos são legais! Desteto homem com cara de menina.

  • Kamila Alvarenga

    Como assim “padrões de beleza masculina onde homens loiros, de pele lisa, com sedosos cabelos e rosto quase feminino sejam os belos”??? Se eu quisesse um rostinho de mocinha colado no meu, eu pegaria mulher, não homem! Tem que ter algo de bruto, algo de másculo pra se tornar maiúsculo pra mim e eu te notar. A regra é clara: Faça amor, não faça a barba!

    • http://www.feedbackmag.com.br Fernando Henriques

      Exato, @kamilaalvarenga:disqus , a mentalidade é essa mesmo. Esse padrão feminino é o que se vende por aí, em filmes e afins, mas as mulheres de verdade apresentam outro gosto.

  • Anna

    Tá, mas vamos deixar claro: barba por fazer é uma delícia, mas aquela barba que o sujeito deixa desde o primeiro ano da faculdade é repelente na certa!
    beijos

    • http://www.feedbackmag.com.br Fernando Henriques

      Vamos dizer que até para esta, tem quem goste.

  • Nélio Dias

    Ótimo texto! Gosto de minha barba! :)

    • http://www.feedbackmag.com.br Fernando Henriques

      Pela foto, faz o estilo Wolverine. Maneiro.

  • Leandro Pena

    Bacana o texto.

    Longa vida aos lenhadores!

    • http://www.feedbackmag.com.br Fernando Henriques

      Show. Longa vida para nós!

  • Cida Santos

    belo irmão